Depois de brilhar como rainha de bateria Vivi Araújo nega influência de sexo em samba, entenda

Atriz está longe do marido, Radamés, que é jogador de futebol do Paysandu, no Pará

Depois de brilhar como rainha de bateria no Salgueiro, no último domingo, Viviane Araújo resolveu relaxar um pouco no segundo dia dos desfiles das escolas de samba no Rio de Janeiro. Com um casal de amigos, ela marcou presença no camarote da Boa, nesta segunda-feira, (16).

Viviane se saiu com bom humor quando foi perguntada se o sexo influenciava no seu desempenho no samba. "Eu estou sem sexo, porque meu marido não está aqui, mas acho que não tem nada a ver", falou. Sem folga no Pará, onde atua pelo Paysandu, o jogador Radamés acompanha o sucesso da mulher de longe.

A musa ainda disse que sonha fazer outras novelas, mas que ainda não tem projeto definido para depois de Império. Ah... Vivi também contou que o povo na rua pede para que a sua personagem, Naná, fique com o cabeleleiro Xana, vivido por Aílton Graça. "Essa dupla deu muito certo e não pode se separar", comemorou.

Visivelmente mais magra, ela confessou que a perda de peso é por conta do excesso de trabalho. "Não sei bem quanto eu perdi, mas não estou conseguindo ir na academia sem hora certa para comer", disse.



Fonte: Terra