Ex-capa da Playboy é agredida por namorado a marteladas: "Monstro"

Ela relatou que não é a primeira vez que o rapper a agride.

A ex-capa da revista Playboy, Jéssica Amaral, usou as suas redes sociais para relatar uma agressão que sofreu pelo seu namorado, o rapper Natan Martins. A modelo publicou em seu Instagram fotos onde aparece com escoriações no rosto e nas costas. De acordo com ela, o acusado usou um martelo e os pés para agredi-la.

“Quero comunicar que sofri uma violência doméstica pelo meu ex. O pai da Victoria! Meu bateu de martelo e com a ponta dos pés no rosto, tudo isso para pegar meu celular que ele acabou de bloquear. Eu quero justiça. Me ajudem! Compartilhem! Esse monstro merece cana”, escreveu ela na legenda de uma das fotos.

Image title

Em uma outra imagem ela postou mais uma de suas agressões. “Esse é o preço que eu paguei por confiar numa pessoa que eu chamava de pai da minha filha ! Hoje estou toda machucada e com meu psicológico abalado ! Hoje tenho raiva, rancor, tristeza e queria voltar no tempo pra nunca ter me relacionado com um tipo de gente dessas ! Estou sem meu iPhone onde tinha meus contatos de trabalho ... E isso me corta demais ! Que Deus me ajude e que essa p**** de justiça me ajude também!”, escreveu.

De acordo com ela, assim que saiu de uma casa noturna foi para a casa do namorado, que queria insistentemente pegar o seu celular, para isso, agiu de forma agressiva e bateu na mesma até ela ficar desacordada. “Eu não lembro como me levaram para o hospital”, disse.

Image title

O rapper confirmou a agressão e garante estar arrependido. “Eu errei, eu falo para todo mundo não fazer isso, mas agora eu vou arcar com as consequências. Eu descobri que ela estava trabalhando como garota de programa e não me contive, acabei batendo porque peguei o celular dela e vi tudo. Ela deixou minha filha no Rio Grande do Sul para ir para São Paulo fazer programa. Peço desculpas aos meus fãs e a todos que gostam dela”, falou ele.

Mas logo foi desmentido pela ex. “É mentira dele, eu fui para São Paulo a trabalho, ele é usuário de cocaína e todos sabem quem ele é, não é a primeira vez que ele tinha me batido, mas só agora tive coragem de fazer alguma coisa”, contou.

Image title


Fonte: Com informações do R7