Ex-marido de Luiza Brunet será citado na Lei Maria da Penha

Atriz e modelo acusa empresário de agredi-la e quebrar costelas.

O empresário Lírio Albino Parisotto, de 62 anos, será citado na Justiça de São Paulo para responder a uma ação criminal baseada na Lei Maria da Penha sob a acusação de ter agredido a ex-mulher, Luiza Brunet, de 54 anos, no último dia 21 de maio nos Estados Unidos. A informação é do advogado da atriz e modelo, Pedro Egberto da Fonseca Neto.

"Ele [Parisotto] vai ser citado para responder aos termos de uma ação criminal baseada na Lei Maria da Penha", disse Fonseca Neto. Sancionada em 7 de agosto de 2006, a Lei Maria da Penha visa o combate aos crimes domésticos contra a mulher, criando mecanismos de proteção para coibir a violência e punir homens que agridam física ou psicologicamente suas parceiras.

De acordo com o advogado de Luiza, o caso será apurado pela Promotoria da Vara da Violência Doméstica do Ministério Público (MP) de São Paulo porque Parisotto tem residência no estado. "O processo está em segredo de Justiça", disse Fonseca Neto, que atua juntamente com o advogado Jaques de Camargo Penteado nos interesses de Luiza.

"Ela [Luiza] está serena e tranquila", disse o advogado. "Viu que tinha que tomar as medidas que tomou para preservar os direitos dela e mostrar para outras mulheres que são vítimas de violência doméstica que elas não podem se calar".

 Lírio Albino Parisotto e Luiza Brunet
Lírio Albino Parisotto e Luiza Brunet

Luiza Brunet diz que foi espancada pelo marido e quebrou 4 costelas

De acordo com informações, o empresário agrediu a ex-esposa no apartamento dele, Plaza Residence, em Nova York. Após a briga, ela pegou um voo direto para o Brasil e a equipa foi representada no Ministério Público de São Paulo com laudo de corpo e delito do IML feito por ela.

Segundo depoimento de Luiza, a agressão começou no restaurante onde eles estavam jantando com amigos. Ao ser perguntado se o casal iria a uma exposição de fotos, Lírio se exaltou. Disse que não iria porque da última vez ele foi confundido com o ex-marido de Luiza, Armando. Daí por diante, ele teria se descontrolado.

A atriz conta que subiu logo depois e se sentou numa poltrona, onde os dois sempre fumavam e paravam para conversar. Lírio já estava de roupão e, segundo Luiza, partiu para cima dela, ofendendo-a verbalmente. Logo depois, deu um soco em seu olho, seguido de chutes.

Fonte: Globo.com