'Foi uma escolha errada' diz Mateus Carrieri sobre filme pornô

Mateus Carrieri se dedica a a e ao teatro

Image title

São 40 anos de carreira na televisão e mais de 20 novelas no currículo. Apesar da lista extensa, nos últimos anos, Mateus Carrieri vem se dedicando ao teatro. Sua última aparição na TV foi no ano passado, na versão mais recente de "Chiquititas”.

“Para o público, se a gente não está na TV, parece que a gente não está trabalhando, que nossa carreira está parada. Não é assim. Desde 2013, estou no CPT (Centro de Pesquisa Teatral do Sesc Consolação), com o Antunes Filho” conta.

Atualmente, o ator está em cartaz com o espetáculo "Nossa cidade". Antes, ficou sete anos no elenco da comédia "O amante do meu marido". Mateus descobriu também uma nova frente de trabalho: a dublagem.

“ Tenho dublado alguns realitys e batalhas de esportes radicais. É um leque que se abre e é bom porque dá uma certa longevidade profissional, já que não é preciso se preocupar com a aparência.” - comenta.

Em 1998, Mateus esteve na primeira versão de "Chiquititas" como Miguel, pai de Mili, personagem de Fernanda Souza.

“Minhas filhas estão pequenas e assistem ao remake da novela. Até hoje, tenho guardada a máscara que o pai da Mili usava.” diz ele, que é pai de Kaike (30 anos), Chiara (9) e Anna Francesca (8).

O ator afirma que quer voltar a fazer televisão, mas acredita que o momento de dedicação ao teatro seja importante para sua carreira.

“Cheguei a fazer contato com alguns autores, mas não consegui nada. Decidi que, antes de batalhar por um papel na TV, eu tinha que fazer um bom trabalho no teatro.”

Image title


Mateus admite que a falta de oportunidades nas novelas pode estar relacionada ao fato de ele ter posado nu e feitos filmes pornô.

“Reconheço que foi uma escolha errada, que de alguma forma me atrapalhou - talvez me atrapalhe até hoje. Evito falar sobre isso porque existe o Google e, toda vez que falo, o assunto ressurge entre os primeiros resultados para quem busca pelo meu nome” lamenta.

Image title

Ele também evita falar - mas não se arrepende - da participação na primeira edição da "Casa dos artistas", do SBT.

“Não coloco no meu currículo porque não é um trabalho como ator. Não tenho arrependimento de ter feito, da mesma forma que não tenho nada contra ex-BBB, mas não quero ser lembrado apenas como um ex-participante de reality show.”

Fonte: Com informações do Kogut