"Fui preso em Cingapura por porte de arma branca", revela Fagundes

O ator afirmou que não sabia que tinha uma faca dentro da bengala.

Na noite desta terça-feira (21), o programa do Jô teve a participação do ator Antônio Fagundes que deu declarações bastante polêmicas durante a entrevista. Uma delas foi quando ele afirmou que foi já foi preso por porte de arma branca em Cingapura, só que tudo não passou de uma grande confusão.

O ator afirmou que é colecionador de bengalas e durante a viagem resolveu comprar mais uma para sua coleção. “Eu já tinha desistido de comprar bengalas no exterior porque sempre na hora de embarcar dava algum problema. Mas eu gostei dessa, quando fui comprar o vendedor me disse que ela desmontava, então resolvi comprar porque cabia na mala. Quando cheguei na alfândega, o homem me perguntou se eu tinha algo a dizer, fiquei sem entender, então ele pediu para eu abrir minha mala. Quando ele abriu ele desmontou a bengala e encontrou uma adaga enorme dentro. Logo me levaram para a prisão”, contou ele.

Image title

O ator relatou ainda os momentos ruins pelo qual passou. “Eu tentei explicar que era ator brasileiro, eles entenderam que eu não sabia que tinha uma faca dentro mas disseram que se eu cuspisse no chão ia continuar preso”, declarou ele.

Fagundes também explicou que começou a colecionar bengalas depois que teve um problema de saúde que persiste até hoje.

"Eu tive um problema nas costas que começou a doer e precisava comprar uma bengala. Aí pensei em comprar uma bonitinha, depois outra e começaram a me dar [de presente]. O problema ainda continua. De vez em quando ainda tenho umas crises."

Fonte: Com informações do Uol