"Império" ganha como melhor novela e autor promete tirar a roupa

Duas produções brasileiras foram premiadas no Emmy Internacional

Duas produções brasileiras foram premiadas no 43º Emmy Internacional, considerado o Oscar da TV mundial, nesta segunda-feira (23), no hotel Hilton, em Nova York, Estados Unidos.


Image title

Produção da Globo, "Império", que trouxe Alexandre Nero como o protagonista José Alfredo, o Comendador, foi indicada na categoria de telenovela e levou o prêmio.

Logo após ser indicada uma das candidatas ao prêmio Emmy Internacional de Melhor Novela, Aguinaldo Silva, autor de Império, prometeu ficar sem roupa, caso sua trama ganhasse o prêmio.

Image title

“Se 'Império' ganhar, prometo cumprir a promessa que Maitê Proença prometeu caso o Botafogo fosse campeão e depois não cumpriu. Não vou repetir qual é, vocês já sabem", escreveu o autor em seu blog.

Agora resta saber se o autor vai cumprir a promessa ou vai ficar por isso mesmo.

Outra série brasileira que levou o Emmy para casa foi "Doce de Mãe", também da Globo. Indicada na categoria melhor atriz por seu papel de Dona Picucha na trama premiada, Fernanda Montenegro perdeu o troféu para a norueguesa Anneke von der Lippe.

O Twitter oficial do Emmy Internacional cometeu um erro ao anunciar a série "Psi", exibida pela HBO, como a melhor série dramática. Minutos depois do anúncio, eles se corrigiram e anunciaram a série francesa "Engrenages" como vencedora da categoria.

Vitórias passadas

O Brasil levou o Emmy de melhor novela nos últimos dois anos. Em 2014, a premiada foi "Joia Rara", de Duca Rachid e Thelma Guedes. Já em 2013 a vitória foi de "Lado a Lado", de autoria de Claudia Lage e João Ximenes Braga.



No ano anterior, a série "A Mulher Invisível" foi eleita o melhor programa de comédia, enquanto "O Astro" ganhou como a melhor novela.


Image title

Image title

Image title

Image title

Fonte: Uol