'Já fiquei toda roxa de uma noite de sexo', revela ex-BBB Francine Piaia

Quando está sozinha, a ex-BBB mata sua carência assistindo a vídeos eróticos.

"Toda mulher gosta de um tapinha". Quem garante é a ex-BBB Francine Piaia. "No fundo, elas falam que não porque são pudicas. Mas toda mulher gosta. Eu mesma já fiquei toda roxa de uma noite de sexo. Já bati também", revela ela, estrela do Paparazzo que vai ao ar nesta sexta-feira, 17. "Isso é coisa do sexo selvagem, que machuca, deixa roxo. No dia seguinte é que a gente vê o estrago. Na hora é bom. É o pancadão que deixa roxo".

Discreta no que diz respeito à sua vida amorosa, Francine raramente aparece em público acompanhada. No entanto, garante que sua fila anda rápido. "Eu pego! Sou que nem personagem de folclore, todos sabem que existe mas não sabem quem é na calada da noite. Não posso aparecer com um namorado novo por semana, né?". Fazendo mistério, Fran conta que seu coração atualmente tem dono, e que o eleito mora fora de São Paulo, onde ela vive. Quando se encontram, só falta pegar fogo! "Ficamos quase 24 horas transando. A gente se faz de gato e sapato'.

Quando está sozinha, a ex-BBB mata sua carência assistindo a vídeos eróticos. “Gosto de ver filme pornô ao lado de uma mulher bonita. Mas não tenho desejo por mulher. Gosto é de homem”, avisa. Um dos passatempos de Fran é reunir amigos em seu apartamento para ver os filmes. Mas ela frisa que é só para assistir mesmo. "Fazer sexo grupal não é um desejo meu. Nunca fiz ménage à trois, não gosto disso. Gosto mesmo é de estar sozinha com o meu parceiro".

Ninfomaníaca

O homem que se envolve com Francine precisa ter fôlego e disposição de atleta. A ex-BBB diz que é louca por sexo. "Sou ninfomaníaca total! É difícil ter um homem para mim. Normalmente, eles dão uma corrida. Gosto de transar de manhã, de tarde e de noite. O homem tem que estar na disposição". No mais, basta o entrosamento. "Quando a gente encontra alguém que te dá liberdade de se soltar sexualmente, não é preciso de fantasia. O encontro entre os parceiros já basta. A energia sexual, a atração da pele... Isso é uma coisa louca", suspira.

 

 



Fonte: Ego