Kamilla e Eliéser dizem que gostam de correr perigo na hora do sexo

Para Eliéser, o truque para apimentar a relação é nunca se acomodar

Kamilla Salgado e Eliéser namoram há três anos e meio, desde que saíram do "Big Brother Brasil" e, em setembro, sobem ao altar em São Paulo, com um festão para 250 convidados.

Na prática, no entanto, eles já têm uma rotina de casados: há um ano e meio, os dois moram juntos em um apartamento na capital paulista. O dia a dia, no entanto, não diminuiu em nada a performance sexual dos dois.

"Todo casal tem medo de cair na rotina, mas acho que depende muito. O segredo é demonstrar as coisas, dizer todo dia que ama, até porque a mulher tem essa coisa de se sentir atraída pelo que ouve, né? Acho que o ponto G da mulher está no ouvido, no que ela ouve e sente. Acho essencial essa comunicação para não perder o encanto e manter a chama acesa", diz Kamilla, que emagreceu três quilos para o casamento.

Para Eliéser, o truque para apimentar a relação é nunca se acomodar. "A gente gosta de sair de casa, fazer sexo em outros lugares. Já transamos na praia, em um carro em movimento, gostamos de nos arriscar e de correr perigo. Adoramos essa pegada meio louca, tem que ir sempre mudando para não se tornar uma coisa maçante. Acho bom correr perigo porque a adrenalina aumenta a pegada", garante o ex-BBB.

Manter o romantismo em alta também ajuda a melhorar o sexo entre o casal. "Sou muito criativo, gosto de criar várias situações. Às vezes, ela chegada em casa e está cheio de velas, o clima está todo montado. A gente abre um vinho e a coisa já começa a esquentar. Mesmo em casa, dá para mudar as coisas: a gente faz no chão, no sofá, não precisa ser só na cama", revela Eliéser.

Kamilla concorda, mas diz que também tem sua "parcela de culpa" na hora da sedução: "Ele é criativo, mas sou mais ousada, tenho mais coragem de fazer as coisas. Ele é mais eficiente. Às vezes ele que fica envergonhado, mas depois faço ele ir se soltando", entrega a ex-BBB.

Kamilla e Eliéser (Crédito: Paparazzo )
Kamilla e Eliéser (Crédito: Paparazzo )


Fonte: Com informações: Ego