Ken Humano segue sedado recebendo cuidados intensivos

Comunicado divulgado pelo Hospital de Clínicas de Uberlândia informa que paciente segue recebendo tratamento para pneumonia.

O quadro de Celso Santebañes, o Ken Humano, permancece grave. Segundo boletim médico divulgado pelo Hospital de Clínicas de Uberlândia nesta sexta-feira, 20, o paciente segue sedado, em coma e respira com a ajuda de aparelhos.Nesta quinta-feira, 19, o Ken Humano apresentou piora clínica em decorrência de uma insuficiência respiratória. Leia na íntegra:


"O paciente Celso Santebañes está internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital de Clínicas de Uberlândia da Universidade Federal de Uberlândia desde o dia 4 de fevereiro com quadro de Leucemia Linfóide Aguda Philadelphia positivo já recuperado da aplasia medular (melhora progressiva da plaquetopenia e da imunidade – neutropenia).

Encontra-se no 35º dia do tratamento, sem quimioterapia atual, sedado, em coma induzido, em ventilação mecânica, recebendo tratamento para pneumonia e cuidados intensivos. O quadro clínico continua grave, sem perspectiva de alta da UTI, no momento."

Em conversa, na tarde desta sexta-feira, 20, Terezinha, avó de Celso, falou que está angustiada com o estado de saúde do neto. "Estou desesperada. A sensação de impotência é grande e a gente só pode rezar para que Deus traga a cura para ele logo", afirmou ela, que não está indo visitar o neto: "Não posso ver tanto sofrimento porque também tenho alguns problemas de saúde. Estou esperando ele voltar para o quarto e, se Deus quiser, que isso seja logo".

Família preocupada

Apesar de ter apresentado melhora na última semana, a família do modelo seguiu preocupada com o passar dos dias. Dona Terezinha ainda contou que ainda estava apreensiva porque o neto estaria tendo muitas febres. "Não sabemos direito o motivo, mas ele teve febre alta na segunda-feira, 16, e ainda respira com um aparelho nas narinas", conta ela: "Ele fala baixinho, mas já fala. Mas estpá com dor na garganta devido aos tubos que usou para respirar. Chato é que ele tem ainda uma secreção vinda do pulmão e pode ter que operar o braço por conta de uma infecção".

Ainda de acordo com Dona Terezinha, as primeiras falas de Celso foram pedindo a família a seu lado. "Ele fala e quase não dá pra ouvir. Mas pediu o avô dele no quarto para acompanhar o tratamento. Pediu suco e comida também, mas o médico ainda não liberou. O menino deve estar com fome. Tadinho".

Mãe pede orações

Na sexta-feira, 6, durante uma visita ao filho no hospital onde ele está internado em Uberlândia, Minas Gerais, a mãe do modelo conversou e fez um apelo. "Não tenho mais nenhuma esperança. Peço que as pessoas rezem por ele. Ele está em coma, o estado de saúde dele é muito grave e eu não tenho mais nenhuma esperança. Eu já perdi um filho, não queria perder outro. Ele é meu único filho homem", disse Marli Borges.

O irmão mais novo de Celso, de 16 anos, morreu ao contrair o vírus rotavirus no ano passado. Abalada, Marli chegou chorando muito ao hospital. Ela estava acompanhada de outras três tias de Celso além de um tio e os avós do modelo.

"Ela viu o outro filho dela morrer dentro da UTI. Ela já perdeu um filho e o outro está aí desse jeito... Está sendo muito difícil para ela, mas Deus deu força para ela vir", disse Marília Borges, tia de Celso, sobre o sobrinho e irmão mais velhor do modelo, Celimar Borges. "Tem muitas pessoas criticando, dizendo que ele buscou isso, ele não buscou isso não", defendeu.

Fonte: Ego