Lais Ribeiro surpreende fãs: "Não faço esforço para ser sensual"

Angel da Victoria’s Secret concedeu entrevista para revista Cholet.

Lais Ribeiro exibiu curvas perfeitas durante ensaio para a revista Cholet. A top piauiense, que recentemente posou ao lado de Neymar durante evento em Nova York, falou sobre o inicio da carreira como modelo, trabalhos de moda como Angels da Victória’s Secrets e cuidados com o filho Alexandre, de apenas 8 anos.

Você já admitiu que ser modelo não era um sonho e, na verdade, você irua cursar enfermagem. Mas, hoje, como a Laís modelo enxerga o caminho que escolheu seguir?
Ser modelo realmente não estava nos meus planos. Foi uma oportunidade que surgiu, e que eu abracei. Hoje sou muito feliz pela carreira que construí, e por tudo que pude aprender!

Lais Ribeiro
Lais Ribeiro

Você é uma das modelos mais requisitadas do mercado fashion. Quando caiu a ficha desse fato para você?
Quando saio de casa de manhã e passo o dia fotografando, estou fazendo o meu trabalho! Fico feliz quando recebo esse reconhecimento, mas, no dia a dia, é corrido, é uma profissão. Me vejo como uma mulher trabalhadora.

E como é ser uma das brasileiras no casting oficial das Angels da Victória’s Secrets?
É uma responsabilidade! E também uma honra, claro. A Victoria’s Secret é uma potência mundial, e a equipe é bastante profissional. Todos ali dão o melhor de si... eu já admirava o trabalho de muita gente que está lá, e hoje fico honrada em fazer parte disso.

Sempre vemos que as Angels se dão super bem. Nesse universo é possível fazer amizades verdadeiras?
É possível fazer amizades em qualquer lugar! Isso depende de cada pessoa, da índole, da energia, e não da profissão ;)

Ser mãe mudou sua forma de enxergar a carreira? Chegou a pensar em largar as passarelas? E como é o dia a dia de mãe-modelo?
Ser mãe mudou minha forma de enxergar o mundo! O Alexandre sempre foi um impulso que me motivou a correr atrás de tudo o que eu queria. Não pensei em largar as passarelas porque foi uma oportunidade que me ajudou a dar estabilidade a minha vida e ao meu filho. Mas no início da carreira – quando ele não morava comigo em NY – eu sofria com as saudades, mas hoje – com ele por perto – tudo mudou.


Fonte: Com informações da Vogue