Marília Pêra é sepultada no Rio de Janeiro sob aplausos e emoção

O marido de Marília, Bruno Farias, estava bastante abalado.

Sob muita emoção e aplausos o corpo da atriz Marília Pêra foi sepultado no cemitério São João Batista, na Zona Sul do Rio de Janeiro. Ela faleceu na manhã deste sábado, 5, em consequência de um câncer, foi velada na sala que leva o seu nome, no Teatro Leblon, em cerimônia que reuniu amigos e familiares por cerca de duas horas, e depois seguiu para o cemitério.

O marido de Marília, Bruno Farias, estava bastante abalado, e foi consolado por amigos. O ex-marido da atriz, o jornalista Nelson Motta, e pai de suas filhas Nina e Esperança, também esteve no local.O enterro foi rápido, e a família pediu para que a imprensa se afastasse no momento do sepultamento para que eles tivessem privacidade. Eles rezaram a oração do "Pai Nosso", e logo depois aplaudiram muito.

Além do viúvo, de Nelson Motta - que é ex-marido da atriz -, a cerimônia de despedida foi acompanhada pelos filhos dela, Nina, Esperança e Ricardo Graça Mello, e também por sua irmã, Sandra Pêra.

Nina Morena, filha caçula da atriz, de 35 anos, estava bastante emocionada, chorava muito e foi consolada pelo pai, Nelson Motta, que não conseguia falar.

No momento do sepultamento os presentes aplaudiram muito sob forte emoção. O túmulo da atriz ficou repleto coroas de flores e homenagens de amigos. Fãs não tiveram acesso ao local durante a cerimônia.

No cemitério, muitos colegas de trabalho exaltavam o taleto e as qualidades pessoais de Marília Pêra.A atriz Ana Rosa também foi prestar sua última homenagem à colega."A Marília dispensa qualquer tipo de adjetivo. Ela foi e sempre será Marília Pêra, uma estrela que vai continuar brilhando", disse.

A atriz Cássia Kiss Magro foi uma da últimas a deixar o cemitério. Muito abalada, ela permaneceu ao lado da sepultura chorando muito mesmo após o sepultamento. Depois, ela ajudou a organizar as mais de 30 coroas de flores enviadas para homenagear a atriz Marília Pêra.

O ator Marcos Caruso também falou da perda e do sentimento de agradecimento para com a colega de trabalho."São dois sentimentos: um de luto e um de agradecimento, porque um pouco de nós vai com ele e muito dela fica conosco", definiu.O ator Miguel Falabella preferiu não ir ao enterro, mas esteve no velório da atriz bastante emocionado.

"Muitas vezes, ela estava cansada, e eu dizia: 'Vai embora, Marília! Alguém diz a fala, e eu respondo', e ela dizia que não. Ela fazia toda a diferença. Eu via as grandes do mundo e ela,sem dúvida, está entre as grandes do mundo. Ela é maravilhosa, grande. Tive a honra de estar no palco, no cinema e escrevendo para uma grande. É uma pessoa maravilhosa. E eu disse para ela que eu estava escrevendo uma minisérie para ela. Ela não falava da doença para mim, e eu fingia que ela não estava doente e dizia 'estou escrevendo uma minisérie para você', e ela dizia que 'bacana'", disse Falabella.

Luta contra o câncer

Marília Pêra morreu na manhã deste sábado, 5, no Rio, aos 72 anos. Ela lutava contra um câncer havia 2 anos. Morreu em casa, ao lado da família, por volta das 6h da manhã. Marília deixa os filhos Ricardo Graça Mello, Esperança Motta e Nina Morena e o marido Bruno Faria.

Segundo sua irmã, Sandra Pêra, a atriz teve momentos difíceis nos dois últimos dias, e morreu na companhia do marido Bruno Farias e da filha Nina Morena.

"É muito difícil falar de tudo. Falar agora. Estive com ela até ontem [sexta] à noite. Tivemos dois dias bastante difíceis, mas depois que vim embora, ela ficou com o marido e a filha. Ela morreu dormindo, com o Bruno (Farias) e a Nina (Morena) ao lado dela", disse Sandra bastante emocionada.

O ator Miguel Falabella, com quem Marília Pêra trabalhava em "Pé Cova", esteve no velório da atriz e deu depoimento bastante emocionado sobre a convivência deles.


Image title

Image title

Image title

Image title

Fonte: Com informações do Ego