Marlene Mattos vira evangélica e diz que está brigada com Xuxa há 12 anos

O único elo entre as duas é Sasha, a filha de 16 anos da apresentadora.

Doze anos se passaram desde que Xuxa e Marlene Mattos romperam a parceria de quase duas décadas de amizade e trabalho, e até hoje elas continuam brigadas.

O rompimento virou um tabu para a diretora mais poderosa dos anos 80 e 90 no Brasil, mas ela resolveu quebrar o silêncio e explicar, em entrevista à revista “Veja”, por que ainda não se acertou com a apresentadora. “Acredito no princípio da impermanência. Nem tudo o que é bom precisa durar. Parcerias acabam, casamentos acabam… É normal. As águas foram turbulentas e, com o tempo, se acalmaram. Melhor deixar assim”, diz Marlene, ao ser questionada sobre o fato de não ter voltado a falar com Xuxa, desde 2002.

O único elo entre as duas é Sasha, a filha de 16 anos da apresentadora. Marlene é madrinha da adolescente, mas demonstra não ter também mais contato com a afilhada. “Prefiro não comentar sobre isso. Como eu disse, melhor deixar as águas calmas. Não quero causar turbulências”, responde. Com a reprise do “Planeta Xuxa” nas noites de domingo do canal Viva, o nome de Marlene voltou aos holofotes.

Conhecida por seu temperamento difícil, ela afirma que a religião acabou lhe deixando mais tranquila. “Continuo objetiva e sincera. Mas a gente acaba amadurecendo e abrandando com o tempo. Nasci no Maranhão, tive uma infância difícil e precisei brigar muito para vencer. Há um ano, comecei a frequentar a Soul, igreja evangélica, um braço da Batista, comandada pelo pastor Kleber Lucas, aqui no Rio. Também mudei meu círculo de amizades. Acho que, com tudo isso, fiquei mais tranquila, sim, em paz”.

Atualmente com 73 anos, Marlene administra a carreira de artistas e ainda dirige um programa de variedades exibido em Goiânia, chamado “Pedágio”. Ela também é dona de uma escola de etiqueta no Rio. A relação de Marlene com Xuxa começou a azedar pouco antes do fim do “Planeta Xuxa”. Em 2002, as duas tiveram uma briga feia durante a gravação de um programa e decidiram romper a parceria.


Fonte: Extra