'Me senti ofendido em rede nacional com o Gugu rindo da piada', diz Rodolfo

Nas gravações, Rodolfo aparecia ao lado de Claudio Chirinian, o ET, sempre segurando um microfone gigante, que chegou a ter 60 centímetros.


O humorista Rodolfo Carlos se sentiu desrespeitado ao assistir o Programa do Gugu na última quinta-feira (26). Na atração, o também humorista Marcelo Ié-Ié, imitador de Sérgio Mallandro, encarou a missão de acordar MC Gui, repetindo o quadro que Rodolfo realizou com sucesso no Domingo Legal, no SBT, entre 1998 e 2002.

Nas gravações, Rodolfo aparecia ao lado de Claudio Chirinian, o ET, sempre segurando um microfone gigante, que chegou a ter 60 centímetros. O que magoou Rodolfo foi a maneira jocosa com que Marcelo Ié-Ié se referiu à dupla. Logo ao chegar à casa de MC Gui, Ié-Ié recebeu um microfone gigante da produção. "Que é isso, cara? É o meu microfone? Você está vendo algum ET aqui? Pelo amor de Deus, esse microfone não", afirmou o novo "despertador" de subcelebridades a serviço de Gugu Liberato.

"As pessoas mais próximas acharam um absurdo e vieram me falar. Fui assistir na internet pensando que era uma homenagem para a dupla, mas logo no início vi o sem graça [do Marcelo Ié-Ié] desmerecer o ET e meu microfone. Me senti ofendido em rede nacional, com o Gugu rindo da piada", diz Rodolfo, atualmente apresentador de um programa na TV Esporte Mais, um canal a cabo distribuído em onze cidades da região oeste da Grande São Paulo. Para Rodolfo, "faltou humildade" a Marcelo Ié-Ié e à direção do Programa do Gugu.

"Ele se esqueceu de tudo o que aprendeu com a gente", afirma. Apesar da ofensa, Rodolfo não pretende tomar nenhuma medida contra o antigo chefe. O quadro não foi inventado por ele, portanto não há nada a reivindicar. Rodolfo só quer fazer um "barraco". "Vou defender meu microfone", diz. Procurado por e-mail, Gugu Liberato não se manifestou até a publicação deste texto.

Fonte: Notícias da TV