Melhor amiga de Andressa Urach diz que seu pai é um aproveitador

A melhor amiga de Andressa Urach se diz indignada e conta que a loira tem chorado por causa das declarações do pai, Carlos Alberto Urach.

Rebeka Francys está indignada com as declarações de Carlos Alberto Urach, pai da amiga Andressa Urach. O caminhoneiro aposentado disse em entrevista que a apresentadora só quer mídia e que ele não a considera mais como filha. "Que ela vá cuidar da vida dela e não fale mais no nome do pai. Ela achou que agora que está com dinheiro a família vai querer o dinheiro dela, mas a gente não precisa do dinheiro dela. Ela tinha vergonha de mim porque o pai é burro, do interior. Pois sou eu que tenho vergonha dela", falou Carlos Alberto.

Para Rebeka, que divide apartamento com Andressa, o pai da amiga 'não vale nada'. Ela respondeu às declarações dele ao EGO, desabafou e defendeu a loira:

"Quem é ele para dizer que não a tem mais como filha! Se na verdade ela nunca o teve como pai. Hoje liguei para a Andressa para saber do seu estado de saúde e ela estava chorando. Além de ter quase morrido e ainda estar debilitada, não acredito que ela ainda tenha que passar por isso, talvez ela nem goste do que vou contar mas eu conheço muito bem a Andressa e sei de toda história dela. A minha amiga ainda não pode falar porque tem contrato com uma emissora. Por isso não está respondendo ainda. Além disso está se recuperando, o que ela teve foi muito grave! Esse pai dela é um aproveitador!".

Segundo Rebeka, Carlos Alberto "nunca criou e nem deu amor para nenhum filho": "A cidade toda de Bossoroca, no Rio Grande do Sul, sabe que ele não vale nada, que tem oito filhos e nunca criou nenhum. Os mais velhos foram criados pela mãe deles e ele nunca deu amor e nunca ajudou em nada. Já a Andressa, ele nem esteve presente na vida dela! Conheceu ela com 15 anos, época em que ela ficou três meses na casa dele, onde passou seu aniversário porque queria conhecer o pai e depois aos 18 anos levou o filho Arthur para o Carlos conhecer o neto. Depois disso nunca mais tiveram contato e ele nunca ajudou ela em nada. Todos os traumas de infância da vida da Andressa são pela ausência do Pai. Ele a viu duas vezes na vida e agora quer dizer que é pai? Isso é coisa de aproveitador!".

Ainda criticando, Rebeka Francys diz que o pai de Urach só expôs a filha: "Ele vai na televisão e quer posar de bom moço, de pai zeloso. Deveria era estar cuidando dela os 25 dias de internação, mas ele foi pra Porto Alegre só pra dar entrevista, parecer e ainda ganhou dinheiro pra falar sobre o estado de saúde dela. A cidade toda sabe quem ele é e que nunca foi um bom pai, agora apareceu mais uma filha crescida que ninguém sabia que existia e tem mais dois pequenos, que esses as mães acabaram deixando pra ele cuidar pois o mesmo traia as esposas e por isso foi abandonado. Ele é um sem vergonha!".

Para finalizar, a ex-miss bumbum diz que Carlos Alberto não deve ser chamado de pai: "Isso não deve ser chamado de pai. Pai que prejudica a filha, que fala essas coisas horríveis que falou para poder aparecer e ficar famoso! Pai que é pai é zeloso, preserva, cuida e não expõe dessa maneira para querer se aparecer. Ele não conhece a Andressa não sabe nem onde ela mora, nada! Não fala com ela desde os 18 anos e agora quer ser pai? Me poupe! A Andressa 'não tem vergonha da família Urach', pelo contrário, ela gosta muito dos irmãos. Ela tem vergonha de ter esse cara que se possa chamar de 'pai'. Porque pai mesmo ele não é e nunca foi. Quem vai julgar isso não é ninguém e sim Deus, porque esse sim vai castigá-lo pelo mal que fez às ex-mulheres e aos filhos".

Relembre o caso

Andressa Urach está se recuperando da infecção que a levou ao Hospital Conceição, em Porto Alegre - onde foi internada no dia 29 de novembro. Após 25 dias de internação, durante os quais ela chegou a ter um quadro de sepse por conta de aplicações de hidrogel nas pernas, Andressa deixou o hospital na véspera de Natal.

Na ocasião, ela falou sobre o momento difícil que enfrenta através de sua assessoria de imprensa. "Quero agradecer em primeiro lugar a Deus e ao Hospital Nossa Senhora da Conceição de Porto Alegre por salvarem minha vida, principalmente a toda a equipe da UTI e a todos os profissionais que ali trabalham sem exceções, que me receberam com muito carinho e dedicação, ali pude perceber que todos os pacientes são tratados da mesma maneira.

Mais de dez dias após sua alta, Andressa segue em tratamento depois de contrair uma nova bactéria durante a viagem que fez a Florianópolis, em Santa Catarina. A modelo já está sob cuidados especiais há alguns dias, mas não precisou voltar ao hospital e está sendo medicada em casa, em Porto Alegre, tomando antibióticos através do programa domiciliar do hospital onde esteve internada até o dia 24 de dezembro.

A recuperação de Andressa está sob a supervisão de seu médico, Julio Vedovato. Procurada pelo EGO no sábado, 10, ela falou que ainda sentia muitas dores, mas tem mantido a fé de que irá melhorar. "Estou em casa buscando forças para a minha recuperação. Estou sofrendo muito com dores na perna. Busco em minhas orações forças para conseguir vencer esta batalha", disse ela.

Na quinta-feira, 8, Vedovato conversou com o EGO sobre o quadro da paciente. Segundo ele, Andressa começará um novo tratamento na próxima semana para controlar a infecção que está tendo na perna direita devido a uma bactéria. "Ela vai iniciar um tratamento complementar para acelerar o combate à infecção e a cicatrização das feridas na próxima semana. Curativos e antibióticos já estão sendo ministrados", informou o médico.

Para acelerar a evolução de seu quadro de saúde, a ex-vice Miss Bumbum procurou um tratamento chamado Oxigenioterapia Hiperbárica. A terapia consiste em sessões de duas horas dentro de uma câmara na qual ela recebe ar medicinal (oxigênio 100%), que através do plasma chega ao local da lesão estimulando as células a cicatrizar mais rapidamente a ferida. Na quinta-feira, 15, o EGO conversou com a médica intensivista responsável pelo tratamento, Dra. Luciana Caccavo, para saber como está sendo a evolução de Andressa.

"É um tratamento antigo, mas meus colegas médicos não se atualizam e não conhecem, são preconceituosos com a Oxigenioterapia. Quando soube do quadro dela, eu liguei para o Dr. Júlio Vedovato (médico particular de Andressa que a está acompanhando desde a internação por conta da infecção causada pelo hidrogel) e me coloquei à disposição para ajudar. Como ela estava evoluindo bem, num primeiro momento eles preferiram continuar como estava, mas no outro fim de semana ela deu uma abusadinha e pegou uma infecção. Aí ele me ligou para começar", conta a médica, que tem aplicado sessões diárias da Oxigenioterapia em Andressa desde segunda, 12.



Fonte: Ego