"Moda é book rosa, mas o que eu fiz foi prostituição", diz Cadillac

Cantora disse que começou a se prostituir aos 17 anos

A cantora Rita Cadillac decidiu falar sobre um dos assuntos mais comentados do momento, o famoso "book rosa", assunto central da história da novela "Verdades Secretas".

Hoje com 61 anos, Rita já revelou no documentário "Rita Cadillac - A lady do povo" que se prostituiu aos 17 anos, antes de se tornar conhecida."Não me arrependo de ter feito programas sexuais. Isso tem muito tempo, tanto é que nem sei falar em valores. Não lembro quanto eu ganhava e não me prostituí por muito tempo. Eu era jovem, recém-separada, com um filho embaixo do braço e precisava comer, pagar meu aluguel da pensão e alimentar meu filho", afirmou em entrevista.

Segundo a artista, ninguém sequer falava em "book rosa" quando ela aceitou receber em troca de sexo. "A moda é dizer book rosa, mas o que eu fiz foi prostituição", disse Rita.

Rita entende a popularidade do assunto, já que ele está sendo discutido em uma novela global, mas se irrita com o fato de que muitas pessoas só a procurem para falar sobre os programas que fez há mais de 40 anos e os filmes pornôs que gravou entre 2004 e 2008. Além de Rita Cadillac, a modelo Andressa Urach revelou recentemente que cobrava R$ 15 mil por 2 horas de sexo, e a atual Miss Bumbum, Indianara Carvalho, contou que aceitou uma proposta por sexo para pagar uma dívida de R$ 300 mil.

Image title


Fonte: Bol