Monique Evans e namorada Cacá Werneck posam para o Paparazzo

Cacá confessa que gosta de ser pessoa que tem controle da situação

Image title


Monique Evans e Cacá Werneck estão juntas há quase um ano, mas as duas já têm uma intimidade de anos de casadas. “Passamos 24 horas por dia juntas. Se não estamos de corpo presente, estamos nos falando no celular”, conta Cacá.

Durante o primeiro ensaio sensual do casal para o Paparazzo, as duas mostraram sintonia. Quando o fotógrafo Marcos Serra Lima pediu para Monique “atacar” Cacá, a ex-modelo brincou: “Vou aproveitar porque ela fica revoltada quando não comanda a situação”, diverte-se.

Cacá confessa que gosta de ser a pessoa que tem controle da situação. “Eu gosto de dominar, mas às vezes ela me pega de jeito”, afirma a DJ. Monique acrescenta: “Principalmente quando ela está dormindo”.

A ex-modelo ainda falou que Cacá assume o papel masculino da situação. “Eu conheci ela super mulherzinha. De salto alto, maquiada. Ela é muito vaidosa, mas ao mesmo tempo é um moleque. Mas, claro, que ela é mais o homem da relação. E ela fica danada se alguém achar o contrário”.

Cacá explica: “A pessoa pode ter a maior experiência, mas se não tiver pele não vale nada. Eu sempre comandei muito minhas relações. Mas tem coisas que deixo ela fazer que nunca deixei fazer. Prefiro não entrar em detalhes, mas ela me toca de uma maneira que nunca deixei ninguém tocar”.

Monique conta que foi com Cacá que usou pela primeira vez um vibrador. “Eu comprei uma vez um, mas nunca usei. Fiquei com medo de se eu morresse, meus filhos encontrassem em casa. Moro em Ipanema e fui até a Barra da Tijuca para me livrar do troço”, diverte-se ela, acrescentando: “Depois de muito tempo, aos poucos, a Cacá foi me apresentando os brinquedinhos... Mas falo para ela que prefiro ela sem nada. Nem um tipo de brinquedo”.

Image title



Fonte: Com informações: Ego