Mulher que acusou Chris Brown de agressão pode ter mentido

Uma amiga da mulher disse que ela costuma acusar sem motivo

Uma mulher acusou Chris Brown, nesta terça-feira (30), dizendo que ele teria lhe ameaçado apontando uma arma de fogo dentro da casa dele. O cantor  chegou a ser preso.

No entanto, parece que a suposta vítima do astro teria mentido. Uma ex-colega de quarto da mulher, que não teve o nome revelado, afirmou que a jovem tem o hábito de incriminar pessoas próximos sem algum motivo aparente.

"Ela já fez isso antes. Ela inventa essas mentiras há anos. Ela era minha colega de quarto e já fez falsas acusações sobre mim também, que resultaram em uma ordem de proteção. Tive que ficar fora da minha própria casa por um mês", contou a fonte ao "Radar Online".

A mulher acionou a polícia e contou que Chris Brown se irritou ao ver que ela estava   admirando uma de suas joias que estava na casa do artista.

Chris Brown pode ser inocente de agressão
Chris Brown pode ser inocente de agressão

Brown proibiu que a polícia entrasse em sua residência e, em seu Instagram, publicou um vídeo condenando a violência de agentes contra negros.

"Tem de parar com esse jogo, em que me apresentam como o mau, como se estivesse ficando louco. Não é assim. Quando conseguirem um mandado para o que precisam fazer, vão entrar aqui [na minha casa] e não vão descobrir nada, idiotas", disparou.

O artista foi libertado após pagar uma fiança de cerca de R$ 810 mil. Segundo o "TMZ", o rapper não foi indiciado. “Chris saiu e está bem. As alegações contra ele são demonstravelmente falsas”, afirmou o advogado, Mark Geragos.

Fonte: Msn