Musa diz que já fez sexo em helicóptero sem que piloto percebesse

Ela afirma já ter realizado todas as suas fantasias sexuais.

A transexual Thalita Zampirolli mudou toda a sua rotina de exercícios e alimentação para perder quatro centímetros de cintura antes de desfilar nas escolas Porto da Pedra, no Rio de Janeiro, e Boa Vista, no Espírito Santo.

Em entrevista para uma revista nacional, a loira de 26 anos ainda revelou que o grande truque da cinturinha de pilão é usar cinta modeladora. “Sempre gostei de me alimentar bem e de praticar esportes, mas criei o projeto ‘cinturinha de pilão’ para chegar aos 58 centímetros. Estava com 62 centímetros. Não foi complicado, não. A cinta que é o babado, que é essencial. Uso até para dormir. Só tiro para o banho e para fazer academia. Virou um vício. Passo o dia todo com ela.”

Solteira, Thalita que desde a cirurgia de mudança de sexo nunca ficou mais de três meses sem transar e afirma já ter realizado todas as suas fantasias sexuais.

CARNAVAL


“Vou ser musa do Carnaval capixaba, junto com Viviane Araújo, e no Rio, musa da Porto da Pedra. Fiquei encantada em receber um amor sem igual. Me emocionei com a humildade das pessoas e o carinho das crianças e idosos que me receberam muito bem. A gente não pode ter preconceito com escola pequena. O segredo do sucesso é humildade. Não posso falar muito das fantasias, mas já digo que elas são bem pequenas. O valor está alto, mas vale a pena. A vida é uma só e a gente trabalha para satisfazer as nossas vontades. Esse momento está me deixando feliz e me vestir bem me dá prazer. No Espírito Santo a escola arca com o valor da fantasia, mas no Rio eu pago.”

PREPARAÇÃO


“Ser musa é responsabilidade e quero chegar na avenida com tudo. Fiquei 15 dias só comendo sopa e suco detox para eliminar tudo. Depois coloquei na dieta grelhado, ovo cozido e batata doce. Também tomo quatro litros de água por dia. Na academia, treino bem pesado. Meu objetivo é ter curvas e ser definida. Bastante aeróbio, legging, flexora e abdominais. Consegui chegar onde queria com a ajuda da equipe médica, massagem modeladora, massoterapeuta e nutricionista.”

VAIDADE


“Gosto da minha cintura e bumbum. Mas sou satisfeita com tudo. Me amo. Não tirei costela e não uso Photoshop. Mas já gastei mais de R$ 30 mil para esculpir meu corpo. Já coloquei 525 ml de silicone, fiz rinoplastia... Agora estou satisfeita. Sou a favor da cirurgia plástica para se sentir bem, mas não sou a favor da coisa bizarra. De pessoa que não precisa e faz.”

MELHOR E PIOR FOLIA


“A melhor foi no ano passado, quando passei em Jurerê, em Florianópolis. Fui a trabalho, fiz umas presenças vips, mas também aproveitei para curtir. As pessoas são bonitas, tem música boa... Eu moraria lá sem pensar no futuro. Já o pior foi em São Paulo, em 2014. Estava toda pronta para desfilar na Dragões da Real, me achando, toda trabalhada nas penas e no brilho. Do nada começou uma tempestade e fiquei com a make toda borrada, cabelo bagunçado... Minha fantasia foi arrastada em um saco de lixo... Tirou todo o glamour e chorei muito. A gente se prepara tanto e do nada tudo acaba.”

PEGAÇÃO


“Eu nunca fui de pegação. Sou bem tranquila. Quando saio, gosto de curtir o momento com amigos. Não planejo sair para pegar e beijar. Prefiro estar namorando que estar solteira. Eu gosto de namorar sério. Quando estou namorando, me dedico à pessoa.”

CANTADA 


“Já me ofereceram até dinheiro para sair comigo, mas não faço book rosa. Sou romântica. Um ex-namorado jogou do helicóptero pétalas de flores quando eu estava saindo da faculdade. Isso foi quando fiquei noiva. Sou como aquela mulher de antigamente. Homem tem que abrir porta do carro, levar para jantar... Hoje os homens estão tão artificiais. Te conhecem e já querem transar e só. Não curto isso. Gosto de me relacionar com quem tenho uma história.”

FANTASIA SEXUAL


“Já realizei todas. Fiz sexo voando. Era um helicóptero do meu ex-namorado. Foi gostoso. Tinha um piloto, mas fizemos escondido sem ele ver. Não gosto de papai e mamãe. Gosto de inovar e fazer coisas diferentes. Acho que para relação ser duradoura, a mulher tem que estar inovando e surpreendendo. Mostrar que pode mais.”

PRECONCEITO


“Existe em todo lugar. Até nas melhores famílias. Mas temos que lutar e mostrar que alegria e amor são muito melhores do que o preconceito. Já sofri muito preconceito quando minha vida foi revelada ao público. Hoje dei a volta por cima. Já jogaram coisas em mim na rua e me desejarem a morte. Mas a vida é uma roda gigante um dia a gente sobe e no outro desce. Sempre tive muito amor da minha família, que me aceita e me apoia. Mesmo assim, foi complicado no começo, quando me assumi, porque ninguém sabia, mas depois dei uma lição de vida para sociedade. Hoje sou respeitada. As pessoas se inspiram em mim. Tenho orgulho da pessoa que sou hoje.”

FAMA


“Cada um nasce com um propósito. Sempre gostei do mundo artístico e sempre tive a veia artística. Me formei em Desenho Industrial e hoje sou conhecida na TV, mas tenho minha profissão. Se não der mais certo, posso trabalhar em uma empresa. A fama é duradora. Basta saber a forma como agir com a vida. Tenho muitos projetos. Quero fazer cinema. Ainda não posso falar muito, mas vou fazer curso de teatro logo depois do Carnaval. Além disso, sou cantora. Vão ter várias novidades em 2016.”


Thalita Zampirolli  (Crédito: Divulgação)
Thalita Zampirolli (Crédito: Divulgação)
Thalita Zampirolli  (Crédito: Divulgação)
Thalita Zampirolli (Crédito: Divulgação)
Thalita Zampirolli  (Crédito: Divulgação)
Thalita Zampirolli (Crédito: Divulgação)
Thalita Zampirolli  (Crédito: Divulgação)
Thalita Zampirolli (Crédito: Divulgação)
Fonte: Com informações do Globo.com