Nadadora Joana Maranhão revela ter tentado suicídio duas vezes

A atleta contou um pouco da sua história que teve uma reviravolta.

A nadadora Joana Maranhão está nas páginas da revista TPM de agosto. Ela foi abusada sexualmente aos nove anos e dez anos e depois tentou se matar. A atleta contou um pouco da sua história que teve uma reviravolta através do esporte. “Falar (sobre o abuso que sofreu na infância) é uma libertação; cada vez que falo, me liberto mais”, disse.

Ela disse que não teve só uma, mas duas tentativas de suicídio. “Tentei me matar duas vezes. A segunda vez foi em 2013. Eu já estava bem em relação ao abuso, mas meu posicionamento político tinha causado muitos problemas financeiros para minha família. E é um gatilho, uma coisa chama a outra”.


Image title


Fonte: Com informações do Ego