Naldo se defende das acusações do pai: 'Ele tem inveja de mim'

Naldo afirma ainda que não está sozinho em sua revolta

Naldo Benny está de volta ao Brasil após passar férias nos Estados Unidos.

O artista desabafou sobre as últimas declarações de seu pai, Manoel Jorge da Silva, de 73 anos - que o acusou de abandono em recente entrevista a um jornal carioca - e disse achar lamentável que sua história familiar tenha parado nos jornais.

Ele reafirma que as acusações de abandono do pai são mentirosas e diz que Manoel Jorge o ameaçava há mais de um ano caso não fizesse tudo que ele pedia. "Problema de família se resolve em casa. Ele foi para o jornal porque estava com inveja de mim, só porque eu fui para os Estados Unidos comemorar meu aniversário. Ele me ameaçava sempre se eu não fizesse o que ele queria, dizia que iria para a mídia me queimar. Tem um ano que ele fala isso, e eu estava fazendo minha parte", diz o cantor.

De acordo com Naldo, o pai tem três fontes de renda e uma delas era sua ajuda financeira mensal. "Ele tem 73 anos e não é uma criança que não sabe administrar seu dinheiro. É aposentado, recebe aluguéis de casas que eu dei a ele. Eu sempre fiz tudo que pude, mas não posso fazer tudo da maneira que ele quer. Eu continuo ajudando ele até hoje, mesmo falando de mim. É lamentável tudo que meu pai está fazendo e uma grande mentira", ressalta o artista.

Naldo afirma ainda que não está sozinho em sua revolta contra a postura do pai. Ele conta que os irmãos e outros familiares também não estão acreditando nas declarações de Manoel.

"Minha família está toda indignada com o que o meu pai está fazendo. Meus irmãos estão pensando em se reunir e gravar um vídeo desmentindo todas as barbaridades que meu pai está falando. Minha irmã quer dar entrevista, falar que não é verdade. Ela ligou pro meu pai e ele xingou ela de tudo que você pode imaginar. Isso porque se diz evangélico", diz o funkeiro.

Questionado se pretende procurar o pai agora que está de volta ao Rio de Janeiro e resolver as diferenças, Naldo é enfático: "Ele que criou um atrito. Eu estava nos Estados Unidos descansando a minha cabeça, depois de dois anos sem férias, e ele procurou isso. Eu estou seguro da minha verdade. Ele traiu a minha mãe a vida inteira. Várias pessoas já me contaram, vizinhos nossos. Eu não era nem nascido e ele já traía. Tenho 37 anos. Vou deixar a coisa dar uma acalmada. Não vou procurar. Eu preservei a imagem dele sempre, ninguém sabia que ele tinha traído minha mãe, das agressões, nada, mas agora eu estou falando porque preciso me defender".

Finalizando sua defesa contra as declarações de abandono do pai, Naldo desabafa: "Eu virei um cifrão de gente que não está nem aí pra mim. M meu pai me vê como um cifrão e quer me destruir. Querem acabar comigo, destruir minha imagem."

Naldo e esposa foram a festa de Ludmilla (Crédito: Ego)
Naldo e esposa foram a festa de Ludmilla (Crédito: Ego)


Fonte: Ego