Neymar monta operação para encontrar estudantes em hotel no Rio

O churrasco varou a madrugada e, pela manhã, Neymar foi para SP

Ainda de férias, Neymar não quer saber de descanso. Nem na segunda-feira. Verdade seja dita, o moço está se divertindo. Mas, malandro, tem preferido se manter discreto, longe de algum affair de ocasião. Na noite de segunda-feira, Neymar montou um esquemão para encontrar quatro garotas e não ser visto com elas. Como sempre existe uma galera com ele, a operação não foi, assim, tão bem executada.

Num táxi, chegaram juntas num hotel na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio, a estudante de veterinária Mayra Uchôa, a de administração Luma Fernandez, e as de teatro Jasmin Mureb e Larissa Lopes. “Ele se identificou com a gente porque o tratamos como uma pessoa normal. O Neymar sabe que a gente não é de ficar tirando foto pra aparecer”, diz Jasmin, que conhece o jogador há pouco tempo. Elas entraram no hotel sem Neymar e ficaram duas horas por lá. Neymar chegou antes, com o segurança e um amigo.

Mais tarde, o jogador desceu até o saguão e foi em direção a seu carro sozinho. Pouco tempo depois, o quarteto apareceu e aguardou por outro carro. Todos foram para um condomínio, também na Barra. As meninas gritaram para Neymar: “Até mais tarde”. E ele: “Até mais tarde, não. Até daqui a pouco”. Antes, porém, pararam num posto de combustíveis para comprar carvão. O churrasco varou a madrugada e, pela manhã, Neymar foi para São Paulo.


Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Fonte: Com informações do Jornal Extra