Quarto onde Michael Jackson morreu tinha sangue e fotos de bebês

O rei do Pop morreu em 25 de junho de 2009

Vidros de remédios, camisas ensaguentadas, fotos de bebês e bonecas. De acordo com as imagens divulgadas no livro '83 Minutes: The Doctor, The Damage, and the Shocking Death of Michael Jackson' e publicadas pelo site Mirror, assim era o quarto em que o cantor Michael Jackson, morto em 25 de junho de 2009, passou seus últimos dias.

"Era um estilo de vida esquálida de um viciado em drogas", afirmam os autores da obra, Mark Langhorne and Matt Richard detail. De acordo com a publicação, muitos comprimidos, tanques de oxigênio e suprimentos médicos estavam espalhados ao redor do quarto da mansão localizada em Los Angeles.

Ainda segundo os autores, muitos sacos plásticos, luxas de látex, cremes e vidros de soro fisiológico estavam no quarto. Em uma mesa de cabeceira, uma série de retratos de bebês não identificados foram encontradas sob uma faixa de "sweet baby" (doces bebês).O livro ainda relata que paramédicos encontraram uma boneca de porcelana com cabelo louro deitada na cama do astro. "Na cama descansava uma boneca de porcelana com cabelo dourado encaracolado, vestido em uma roupinha bege bege com imagens de animais que decoram sua caixa."

A polícia também encontrou uma camisa branca ensanguentada pendurado ao lado de outras roupas em seu quarto. Os autores ainda contam que o quarto tinha um cheiro terrivel e que Michael se recusava a permitir o acesso de suas empregadas para limpar o ambiente.Na época, Michael Jackson estava se preparando para uma grande volta aos palcos em uma grande apresentação que aconteceria em Londres, na Inglaterra.


Blusas com marcas de sangue (Crédito: Divulgação)
Blusas com marcas de sangue (Crédito: Divulgação)
Quarto onde Michael Jackson teria morrido (Crédito: Divulgação)
Quarto onde Michael Jackson teria morrido (Crédito: Divulgação)
Fonte: Com informações: Ego