Sem mágoas, Record faz homenagem a Bacci: "Me arrependi de ter saído"

Em conversa com o Gugu, ele falou sobre o atual momento.

 Luiz Bacci foi o convidado especial de "Gugu", na noite desta terça-feira (31). Após 10 meses na Band, com o programa "Na Tela da Band" cancelado e o contrato rescindido, o apresentador foi recontratado pela Record com 50% do salário que ganhava anteriormente, de acordo com informações de Flávio Ricco. Já as mágoas do passado entre o apresentador e a emissora foram esquecidas e Bacci ganhou até uma homenagem por conta de sua volta. Em conversa com o Gugu, ele falou sobre o atual momento.

"Me arrependi muito de ter saído. Fui pra Band para realizar O sonho que era ter um programa de auditório, fui e quebrei a cara. Eu falei para Record que queria voltar, porque aqui minha carreira deslanchou, o público me cobrava para voltar.  As pessoas olham nos olhos e sabe quando você faz por dinheiro e por amor a profissão", disse ele.

Após imitar Silvio Santos, Geraldo Luiz e dançar a música "Baile dos Passarinhos", Bacci falou sobre o momento que descobriu que seu programa "Na Tela da Band" seria cancelado.

"Você acorda de amanhã e descobre que não vai ter um auditório e microfone para falar com o público, você entra em parafuso. Eu faço isso desde os 10 anos de idade. Até agora me pergunto porque eu deixei a Record, não foi por dinheiro, porquê se fosse eu até tinha aceitado a redução de salário que a Band me ofereceu".

O apresentador respondeu as críticas que sofreu sobre o seu programa de auditório, que seria sensacionalista demais.

"Exagerei nada, as pessoas têm que entender que a televisão é feita pra essa gente que nos acompanham. Quem tem que dar educação é o político que vocês elegem, a nossa função é entreter essas pessoas, com responsabilidade, é isso que eu faço desde o começo da minha carreira, se casos curiosos é chamado de bizarro e sensacionalista, chamem, quem fala isso só vê TV a cabo, não é o público que gosta".

Sempre no suspense, Gugu segurou o público até o final do programa citando uma declaração polêmica de Datena falando sobre o menino de ouro. Na época, José Luiz disse para o colunista Maurício Stycer que o programa do colega era apelativo. "Isso são coisas que se faz em programa que está em fim de carreira, não no começo". Bacci não perdeu a chance e respondeu o que achou.

"Quando cheguei na Band sabia que eu iria dividir tela com um dos maiores apresentadores, achei que ele tinha me recebido com carinho, fui pra lá da minha forma mais humilde. Ele disse isso quando o programa já tinha acabado. Ao invés de me ligar e falar por Whatsapp, ele falava comigo antes, e depois nunca mais falou. Eu estava muito fragilizado, estava buscando forças para tentar reconstruir", disse demonstrando mágoa. Olhando para a câmera, Bacci mandou um recado para o ex-colega. "Datena, te respeito como profissional, mas aquele aliado que eu esperava como colega, foi quebrado. Se você perder um programa um dia, vou te mandar mensagem, mas vou te dar força, o único que pode julgar é o povo do Brasil".

Fonte: Uol