Thammy Miranda fala sobre retirada das mamas: 'Não quer virar macho'

A atriz, que é homossexual, contou que sentiu muita dor após a operação

Ainda em recuperação, Thammy Miranda contou detalhes sobre a cirurgia realizada para a retirada de seus seios, há cerca de dez dias, no Hospital São Luiz, em São Paulo.

A atriz, que é homossexual, contou que sentiu muita dor após a operação. Além disso, aproveitou a ocasião para também fazer lipoaspiração no abdômen. "Fiz uma mamoplastia redutora e também aproveitei que estaria lá e fiz uma lipoaspiração na barriga. Foi uma operação de mais ou menos cinco horas, mas foi tranquila.

O pós-cirúrgico foi bastante dolorido. Eu fiquei com um dreno no peito. Só retirei ele essa semana e agora que as coisas começaram a melhorar. Comecei as sessões de drenagem e daqui pra frente é vida normal. Já terminei os antibióticos que estava tomando. Terei que ficar 30 dias com cinta modeladora e aguardar a total cicatrização, que por enquanto está ocorrendo de forma bem bacana", relatou ao “Ego”.

A filha de Gretchen confessou ainda que tomou a decisão de se submeter aos procedimentos cirúrgicos por não se sentir completamente feliz com o corpo."Eu iniciei a minha carreira dançando com a minha mãe e sendo completamente feminina. Mas nunca foi a forma que eu me sentia bem. Você ser transexual é realmente estar num corpo errado. Isso requer um tempo pra você entender e saber o que está acontecendo, não é tão fácil e tão simples", explicou. E acrescentou: "Talvez se na minha infância, quando eu queria andar de bermudão, cortar o cabelo e fazer coisas de menino, minha mãe e meu pai tivessem percebido e entendido, talvez eu não tivesse sofrido tudo isso e não estaria passando por uma cirurgia agora, aos 32 anos. Talvez eu já estaria vivendo como um menino há um tempo. Mas enfim, foi assim que aconteceu.

A artista disse que os seios eram um incômodo e que, apesar das dores, ela está gostando do resultado. "Estou bem satisfeita agora, não pretendo mudar mais nada. Me incomodava e hoje me sinto feliz. Ao contrário do que dizem, não quero virar um macho e colocar um pinto também. Não vou colocar órgão sexual masculino". Thammy parou com as cirurgias para mudar o corpo, mas alertou que pode voltar ao centro cirúrgico, caso sinta necessidade no futuro. "Sociedade nenhuma vai impor o que eu devo fazer ou não. O que impõe é o meu bem-estar e a minha felicidade", completou.


Fonte: msn