Transexual Carol Marra fala sobre cirurgia de redesignação sexual

"Sentia uma TPM horrível. Chorava por tudo", afirmou Carol.

Carol Marra exibiu corpão em forma durante ensaio para o Paparazzo. A atriz  transexual, conhecida por vários trabalhos no mundo da moda e que surpreendeu ao falar na primeira parte do ensaio sobre preliminares antes do sexo: "Odeio beijo molhado", comentou sobre a etapa final da cirurgia de redesignação sexual.

Nos bastidores do ensaio, Carol disse ter enfrentado problemas após a primeira cirurgia, mas ressaltou otimismo por não precisar mais tomar hormônios femininos. "Sentia uma TPM horrível. Chorava por tudo, ficava mal humorada e, por causa dos hormônios, surgiu um cisto em um dos meus seios. Gostaria que todo homem tivesse TPM para ver o que as mulheres sofrem", contou. 

Atriz e jornalista deu detalhes um tanto apimentados sobre suas preferências 'na hora H'. "A gente pode descobrir o orgasmo em várias regiões do corpo. O tesão não está ligado à genitália em si. Outro dia um cara lambeu a minha perna atrás do joelho, na dobrinha, e me deu um tesão louco! Outro cara lambeu o dedo do meu pé e eu quase fui na parede. Há partes do nosso corpo que a gente não se permite tocar, conhecer. Temos regiões extremamente erógenas, que a gente não conhece".

Carol, que tem 340 ml de silicone nos seios, garante: “Morro de tesão nos meus seios. Só de esbarrarem neles já ficou louca. E meus seios são perfeitos. Não tenho uma marca de cicatriz, dá até para falar que são naturais”. 

Carol Marra
Carol Marra


Carol Marra
Carol Marra



Fonte: Com informações do EGO