‘Acho supernormal cantar os caras se estou a fim’, diz Fernanda Paes

‘Acho supernormal cantar os caras se estou a fim’, diz Fernanda Paes

Ao mesmo tempo, mulher independente e decidida, não é de se intimidar no jogo da sedução

Quem canta seus males espanta e tem sorte no amor. Misturando as duas velhas máximas, Fernanda Paes Leme lamenta não ter talento para soltar a voz ao microfone, mas garante que nem por isso deixa de dar seu showzinho particular debaixo do chuveiro (?Existe uma Shakira dentro de mim, gente!?, brinca). Ao mesmo tempo, mulher independente e decidida, não é de se intimidar no jogo da sedução, e dá lá as suas cantadinhas quando julga interessante...

? Claro que é sempre na medida, sem perder a ternura. Não dá para vulgarizar, né? ? explica a atriz e agora apresentadora do ?SuperStar?, solteiríssima aos 31 anos: ? Gosto de ficar brincando de provocar... E acho supernormal cantar os caras se estou a fim. A melhor cantada é aquela que acontece naturalmente, frases de efeito não colam comigo. Essa coisa de pedir o telefone do cachorrinho... Do meu, então, que é lindo, eu já ouvi várias vezes. Ninguém merece! Tem que ter um humor perspicaz, sabe?

Fonte: Extra