Figurino da cantora Beyoncé causa polêmica no Egito

A apresentação gerou certa polêmica no país e foi criticada pelos islâmicos, que pediram sua suspensão devido ao figurino

A cantora americana Beyoncé fez, na última sexta-feira, um show fechado no complexo turístico de Port Ghalib, no litoral do Mar Vermelho, no sul do Egito.

A apresentação gerou certa polêmica no país e foi criticada pelos islâmicos, que pediram sua suspensão devido ao figurino e às coreografias usadas no show.

Beyoncé aproveitou a viagem, e visitou, na noite de sábado, as pirâmides de Gizé, acompanhada da maior autoridade do país em arqueologia, Zahi Hawass.

Trajando um vestido e um lenço brancos, a cantora teve a oportunidade de conhecer a história dos grandes faraós e da esfinge.

Segundo uma nota divulgada hoje pelo Conselho Supremo de Antiguidades do Egito, Hawass apresentou à artista as últimas descobertas feitas na região.

No encontro, que aconteceu a pedido de Beyoncé, o arqueólogo falou do uso de novas tecnologias na investigação de segredos da Pirâmide de Quéops.



Fonte: Folha Online, www.folha.com.br