Filha de Renato Gaúcho, Carolina Portaluppi bate bolão ao lado do pai em dia de praia

Filha de Renato Gaúcho, Carolina Portaluppi bate bolão ao lado do pai em dia de praia

O maior ídolo gremista está sem clube desde setembro, quando deixou o Atlético-PR.

Renato Gaúcho está em casa. E pretende seguir assim. Neste domingo, o treinador disputou torneio de futevôlei no Leblon, no Rio de Janeiro, e avisou que sua preferência é seguir na cidade, mesmo com uma proposta do exterior. Ele esteve acompanhado de sua filha, Carolina Portaluppi.

- Tenho uma proposta do Qatar, mas quero ficar no Brasil, de preferência no Rio ? disse o treinador.

O maior ídolo gremista está sem clube desde setembro, quando deixou o Atlético-PR. Antes, havia comandado Grêmio, Bahia, Fluminense e Vasco. No período de descanso, o treinador mantém seu olhar para os jogos. Ele falou sobre o Barcelona, campeão mundial sobre o Santos ? e praticamente imbatível, na visão do técnico.

- Para derrotar o Barcelona, só se tivesse um combinado de jogadores brasileiros treinando por meses e meses. Mesmo assim, não seria garantido ? opinou.

Autógrafo para o primo de Dunga

O assédio de torcedores gremistas a Renato é frequente também no Rio. Neste domingo, ele foi tietado por Rodrigo Verri, de 16 anos - curiosamente, primo de Dunga, ex-técnico da Seleção Brasileira.

Fonte: EGO