Universitários tiram a camisa dentro de sala de aula para protestar contra o calor

A assessoria de comunicação da Uerj não atendeu as ligações feitas até a publicação desta reportagem.

A sensação térmica de 46ºC nesta terça-feira (13) motivou um protesto bem-humorado de estudantes da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj). Alunos do curso de engenharia resolveram tirar a camisa para aguentar o calor dentro da sala de aula. A foto foi publicada na página "Uerj da Depressão" em uma rede social, que alerta sobre problemas, eventos e situações passadas por alunos da universidade.

Matheus Cezario, de 22 anos, aluno do primeiro período de engenharia ambiental e sanitária, contou que já havia tido a ideia com outros amigos. Mas evitou o protesto num primeiro momento, porque a iniciativa se restringiria a um pequeno grupo. Nesta terça, no entanto, a situação chegou ao limite.

"Nossa aula de física é em um auditório, no qual o ar-condicionado não dá vazão, sendo que nessa aula há mais de 80 alunos. No horário da aula de cálculo faltou luz na nossa sala, falei com os meus amigos e resolvemos tirar a camisa", explicou o aluno.

 Quando o professor chegou, ele quis saber o motivo de os alunos estarem sem camisa. "Explicamos a situação, não dava pra assistir aula normal lá. Estava muito quente e poderíamos passar mal. Ainda bem que ele aceitou", disse o aluno, rindo.

A solução encontrada foi diferente da usual, que seria buscar outra sala. "Acho que até se tentássemos mudar de sala, não daria, porque tem toda uma burocracia, e a maioria das salas já estava ocupada”, disse Cezario.

A assessoria de comunicação da Uerj não atendeu as ligações feitas até a publicação desta reportagem.

Sensação térmica
A situação pode ficar ainda pior para os alunos da Uerj e os cariocas em geral. Por volta das 9h55 da manhã, a sensação térmica em Jacarepaguá, na Zona Oeste, era de 42º C, com possibilidades de aumentar ainda mais durante o dia.

Nesta terça-feira (13) de verão, cariocas e turistas lotaram as praias da Zona Sul. Segundo o Alerta Rio, a sensação térmica foi de 46ºC na estação Guaratiba, Zona Oeste, às 13h, e a temperatura mais alta foi de 36,8ºC, em São Cristóvão, na Zona Norte. Animais do Zoológico do Rio tomaram até picolés para se refrescarem.

Fonte: G1