Folguedos reúne público de 200 mil pessoas nos 4 dias de evento

De acordo com secretário, o evento foi um sucesso.

A última noite do 39° Encontro Nacional de Folguedos reuniu cerca de 50 mil pessoas na arena olímpica do Albertão, na noite de sábado (22). O deputado estadual, secretário estadual da Cultura, Fábio Novo, afirmou que dados da Polícia Militar do Piauí que realizou a segurança da festa revelaram que mais de 200 mil pessoas circularam  pelo evento durante os quatro dias em que foi realizado. Segundo ele, a Secretaria vai estudar a mudança oficial de realização do evento do tradicional mês de junho, para agosto.

“Existem muitos eventos durante o mês de junho em referência as festas de São João e por muitas vezes a população não tem como comparecer e prestigiar todos esses espaços, por isso, vamos analisar uma possível mudança na data em que acontece o Folguedos”,disse.

De acordo com o secretário, o evento foi um sucesso e superou todas as expectativas da organização. Ele afirmou que a festa foi planejada pensando no povo.

O governador Wellington Dias (PT),  foi até o Folguedos e por onde passava  foi parabenizado pela realização da edição 2015 do evento que foi considerado um dos melhores dos últimos anos. Dias declarou que não poderia entrar para história do ano como o único governo que não realizou a festa popular.

“Estamos muito felizes por que apesar da mudança na data, as pessoas compareceram e estão muito satisfeitas, esse é o nosso objetivo, promover a cultura do nosso Estado e a interação do seu povo. Aqui nós temos a verdadeira arte popular e estou encantado com as novidades implantadas esse ano, além disso, temos aqui uma atividade com objetivo econômico, em que é possível trazer a arte através do artesanato, além da culinária e outros movimentos”, acrescentou.

Wellington Dias antecipou que a ideia é trabalhar a arena olímpica realizando um investimento ampliando ainda mais a área para revitalizar o evento tanto para as próximas edições dos Folguedos quanto para implantações de projetos esportivos

O artista plástico piauiense Nonato Oliveira presente desde a primeira edição dos Folguedos afirmou que a festa é uma das mais bonitas que existem no Piauí. “Eu acompanho esse encontro desde que foi realizado pela primeira vez e pude ajudar a construir boa parte dessa história”, lembrou.

O cabo Jorge Matos do 6° Batalhão da Polícia Militar (BPM) responsável pelo comando da operação do evento afirmou que estiveram envolvidos mais de 150 homens por dia e que tudo aconteceu dentro da normalidade prevista sem nenhuma ocorrência em que a polícia não pudesse ter  sanado. “Nós chegamos ao último dia e trouxemos um efetivo suficiente para prestar a devida segurança. Nosso policiamento foi feito no entorno e dentro do evento”, esclareceu.

O tenente Arnaldo Vasconcelos, do Corpo de Bombeiros, disse que o trabalho da corporação foi planejado para atuar em sistema de prevenção de  incêndio, resgate e pânico, assim como atendimento hospitalar, contudo ele afirmou que nenhum dos eventos ocorreu. “Não registramos nenhuma ocorrência que tivesse a necessidade de intervenção do Corpo de Bombeiros”, disse.

Encontro premia grafiteiros

No evento, ainda foi anunciado os três ganhadores do 1° concurso de grafite realizado no Encontro de Folguedos, Washington Gabriel, mais conhecido como WG, foi o grande vencedor e faturou o prêmio máximo no valor de R$ 3 mil entregue pelas mãos do governador Wellington Dias. Ele declarou que seu desenho foi inspirado na lenda do bumba-meu-boi e que vai aplicar uma parte do dinheiro para investir na sua arte.

“Vou comprar muitas latinhas e sair grafitando por aí. Estou muito feliz pela expansão do grafite em Teresina, principalmente me eventos como esse que exaltam a arte e cultura local. Eu sempre me preocupo com as pessoas e eu quis fazer o condutor dos bois que quase não aparecem e é uma figura tão importante. Eu sou especialista em realismo”, considerou.

A terceira colocação foi para o grafiteiro Francisco, que levou a premiação de R$ 1 mil e o segundo colocado foi Wellington, premiado com R$ 2 mil. Todos os outros participantes receberam um troféu com a imagem do Cabeça de Cuia.

Evento é aberto para todos os públicos

A agente de saúde Antonia Cardoso, levou seu filho Rafael Cardoso, de 14 anos, que é cadeirante para conhecer mais sobre a cultura e as lendas do Piauí, assim como para curtir as atrações musicais da arena de shows do evento. “Esse tipo de encontro é muito importante e faço questão de inserir meu filho em um espaço como esse que é aberto para todos os públicos e gera um momento de confraternização popular entre todos nós que passamos a conhecer mais sobre a nossa história e tradições”, declarou.

O professor Agostinho Santos, visitou os Folguedos com a sua esposa Maria Luiza pela primeira vez e ficou surpreso com a dimensão do evento e que a cultura deve ser sempre levada em consideração e por isso esse tipo de manifestações culturais devem ser exaltadas e prestigiadas pela população. “Cultura é todo desenvolvimento e que a população possa ser incentivada para conhecermos mais nossas tradições”, avaliou.

A aposentada Maria Ester, tem 60 anos e mesmo com limitações para se locomover revelou que não deixa de participar a nenhuma edição do evento, já que para ela é preciso valorizar  a cultura piauiense, além de ser um momento de interação entre as pessoas. “Eu venho todos os anos e sempre  me surpreendo com a diversidade da nossa cultura, esse ano está tudo muito bem organizado, bem seguro e com muitas atrações”, ponderou.

Atrações musicais encerram Folguedos 2015

A noite ainda teve apresentações teatrais, quadrilhas, danças e apresentações musicais. No palco Cabeça de Cuia, a atração mais esperada foi à banda Farra da Gordinha e ainda teve apresentações de Matheus Fernandes, Jonas e Forró Esticado e Donna Fulô que agitaram a multidão presente no local. O evento é uma realização da Kalor Produções.

Para a alagoana, Walkiria Estarley, que está há 17 anos na estrada e comanda a Farra da Gordinha há pouco mais de 3 meses o evento vai marcar ainda mais sua relação de amor com Teresina, já que ela considera a cidade como a primeira capital que abraçou seu novo projeto. “Teresina já recebeu o projeto de forma fenomenal. Eu fico muito feliz, muito grata, nós consideramos Teresina como uma madrinha da banda, nos abraçou muito grande e eu só tenho a agradecer a esse povo e também a todos que fazem o Sistema Meio Norte de Comunicação e a Kalor Produções. Estou muito feliz”, afirmou.

Matheus Fernandes também animou todos os participantes com muita música e um show bastante personalizado com um sistema pirotécnico de última geração. O cantor revelou está preparando um DVD que ainda não tem data definida, mas que poderá ser gravado em Teresina. “Apesar de sermos de Fortaleza e termos só 3 anos de carreira, mas é impressionante a receptividade e aceitação do nosso projeto aqui em Teresina e tenho um dever de gratidão enorme com essa cidade. Nós vamos fazer uma enquete para decidir em qual cidade será a gravação e eu espero que possa ser em Teresina”, completou.

A Rede Meio Norte transmitiu a última noite dos Folguedos e preparou uma mega estrutura com cobertura ao vivo por 2 horas envolvendo uma super equipe em cada espaço do evento para levar as melhores imagens até a casa do telespectador piauiense.

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Fonte: Waldelúcio Barbosa