Carnaval do Ceir surpreende e anima foliões; Teresina se prepara para desfiles de blocos e escolas de samba

Carnaval do Ceir surpreende e anima foliões; Teresina se prepara para desfiles de blocos e escolas de samba

Os pacientes do Ceir aproveitaram a quinta-feira para cair na folia. O Rei e Rainha da Acessibilidade do Carnaval levaram alegria e simpatia para o Centro

Os pacientes do Centro Integrado de Reabilitação (Ceir) se surpreenderam na manhã de quinta-feira (12) com a visita do Rei e da Rainha da Acessibilidade 2015. Isso porque, além da alegria e simpatia, o casal trouxe o verdadeiro Carnaval a todos do Centro.

Segundo Nazaré Bezerra, supervisora do Ceir, o objetivo de realizar o Carnaval aos cadeirantes, evento que já ocorre há cerca de quatro anos na instituição, é basicamente elevar a autoestima dos pacientes, que passam a ter contato com essa festividade.

“A intenção é trazer alegria para os nossos pacientes, elevar a autoestima deles, e ainda socializá-los. Porque muitos têm dificuldades em participar de eventos dessa natureza, mesmo a gente sabendo que é a festa mais popular no nosso país. Isso ocorre, principalmente, por suas limitações, por isso, se eles não vão ao Carnaval, trazemos o Carnaval até eles e observamos que eles gostam muito”, explica Nazaré Bezerra.

Antônio Wilson Lima e Maria José Alves formam o casal mais animado do Carnaval 2015. Eles são Rei e Rainha da Acessibilidade e, incansavelmente, animaram a todos. Antônio Wilson, que é pela segunda vez o Rei da Acessibilidade no Carnaval, afirma que é possível um cadeirante curtir o Carnaval. “É um ganho para os cadeirantes, que têm a autoestima fortalecida. Por mostrarmos a eles que é possível também brincar neste Carnaval, fazer parte desta grande festa. E é um momento de interação e superação de todos nós”, comenta.

Já a Rainha da Acessibilidade garante que para dançar não é preciso mexer as pernas. “A dança não precisa de pernas, e sim de movimentos. Se você mexer um braço, você está dançando, se mexer só a cabeça, também é uma dança. E aqui estou representando todas as pessoas com deficiência do Estado e chamo atenção da sociedade, apesar de enfrentarmos uma luta difícil, a gente consegue viver normalmente”, ressalta Maria José Alves.

Entre os que estampavam alegria no rosto, estava Marinete Paixão, paciente do Ceir, que se sente feliz pelos cadeirantes não serem mais esquecidos no Carnaval. “Achei o Rei e a Rainha da Acessibilidade muito lindos e fico muito feliz pela sociedade lembrar de nós, nesse momento de festividade. Eu participava do Carnaval antes do meu problema e agora estou adorando participar de festas especiais. Dá até uma levantada em nossa autoestima. E tudo isso só vem a contribuir”, revela Marinete Paixão.

Teresina se prepara para desfiles de blocos e escolas de samba


Teresina continua em clima de festa para o Carnaval, com os tradicionais desfiles de blocos de rua e das escolas de samba. Grande parte das atividades ocorrerá na Avenida Marechal Castelo Branco, entre os dias 13 a 17 deste mês.

De acordo com Lázaro do Piauí, presidente da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves, Teresina terá uma programação variada para o Carnaval, pensada para o público mais jovem, sem esquecer da tradição carnavalesca da capital.

“Mais uma vez a prefeitura vai oferecer uma programação variada, para todos os gostos. Tem bandas para os mais jovens que gostam de curtir as músicas da moda, tem a tradição dos blocos e tem as escolas de samba, que serão o ponto alto do resgate que o prefeito está promovendo do Carnaval de Teresina. Este ano, quem ficar na capital não vai se arrepender”, garante Lázaro do Piauí.

Tudo começa nesta sexta-feira (13), às 19h, com o ensaio técnico e o aquecimento das baterias das Escolas de Samba, que ocorrerá na Avenida Marechal Castelo Branco. No sábado (14), ocorrerá os tradicionais desfiles de blocos. O “Capote da Madrugada”, que está na 12ª edição este ano, ocorrerá às 17h, na Avenida Dom Severino, zona Leste da cidade.

Já a “Festa do Bloco Paçoca”, que completa 21 anos, se apresentará às 17h, na Avenida Principal do Saci, e festa popular, na Praça das Palmeiras, localizado na zona Sul da capital. O “Sanatório Geral”, que desfila há mais de uma década pelo centro de Teresina, terá início este ano, às 19h. E ao final do primeiro dia de Carnaval, tem show da Banda Rosa Xote, a partir das 21h, na Avenida Marechal Castelo Branco.

No domingo (15) e segunda-feira (16), a festa é na Avenida Marechal Castelo Branco, a partir das 19h, com os shows populares e desfiles dos Blocos Alternativos e dos Blocos de Sujo. No domingo, 15, passarão pela avenida os blocos de sujo: Ilê Axé Guian, Piauí Samba, Bloco do Paçoca, Banda Bandida e Capote da Madrugada e, a partir das 22h, o show da Banda La Noiz.

Na segunda, 16, será a vez dos tradicionais blocos de sujos, que desfilarão na seguinte ordem: Bloco Turbinados da Sergipe, Bloco Baião de Boi, Bloco Guericó, Bloco os Piratas, Bloco Línguas Venenosas e o Bloco Lisossomos. A festa termina com o show da Banda Xenhenhém, a partir das 22h.

O Carnaval encerra na capital, na terça-feira, 17, com o desfiles das Escolas de Samba de Teresina, a partir das 18h, na Avenida Marechal Castelo Branco. O desfile das Escolas de Samba seguirá a seguinte ordem: Galo Tricolor, Unidos da Santana, Mocidade Alegre do Parque Piauí, Sambão, Skindô e Brasa Samba.

Fonte: Marcia Gabriele