Eclético e 'regional', carnaval de Recife começa com mais de mil shows até quarta

A programação deste ano tem início oficialmente a partir das 16h, na rua da Moeda, no centro antigo do Recife.

Um das festas de rua mais ricas e tradicionais do Brasil, o Carnaval pernambucano começa nesta sexta (13), reunindo mais de 500 artistas, 101 grupos de maracatu, mil shows e dezenas de polos de folia, espalhados pela região metropolitana do Recife, zona da mata, agreste e sertão. Entre as principais atrações estão Alceu Valença, Elba Ramalho, Fafá de Belém, Fundo de Quintal, Diogo Nogueira, Banda Eva, Spok Frevo, Mundo Livre S/A, Karina Buhr, entre muitos outros.

A programação deste ano tem início oficialmente a partir das 16h, na rua da Moeda, no centro antigo do Recife. De lá, o percussionista Naná Vasconcelos iniciará um cortejo, passando pela rua Mariz e Barros, avenida Marquês de Olinda, até chegar ao Marco Zero da cidade, onde comandará a festa ao lado da cantora Fafá de Belém.

A abertura terá ainda desfiles de cerca de 700 batuqueiros de 11 nações de maracatu, que darão o característico sotaque regional à festa. Outro patrimônio da cultura do Estado, o frevo também aparece a partir das 20h, com o show do saxofonista Maestro Spok, com a participação de Alceu, Elba, Antonio Nóbrega, Edu Lobo, Geraldo Azevedo e Almir Rouche.

No sábado de Zé Pereira (14), a principal atração é o Galo da Madrugada, um dos maiores blocos de rua do mundo. Este ano serão 30 trios elétricos tocando por nove horas ininterruptas de música nas ruas do centro do Recife. Gustavo Travassos e Fafá de Belém, Geraldinho Lins, Maestro Spok, Nena Queiroga e Saulo Fernandes, Margareth Menezes, Maestro Forró, Musa e Almir Rouche animarão os foliões no trajeto de seis quilômetros. A expectativa é reunir cerca de 2 milhões de pessoas.

Como tradição, as ruas de Olinda também terão uma extensa programação de Carnaval. Além dos shows, destaque para os desfiles dos bonecões, na terça-feira (17), que este ano prestará homenagem ao Maestro Spok. Como novidades, versões gigantes dos integrantes dos Beatles e do papa Francisco.

Paralelamente aos shows diários no palco do Marco Zero, também haverá espaço para a diversidade sonora no festival Rec-Beat. De sábado (14) a terça (17), se apresentam no palco montado no Cais da Alfândega nomes como Russo Passapusso, Thiago Pethit, Monbojó, Juçara Marçal e Luiz Melodia, além das atrações internacionais Man or Astro-Man? (EUA) e Keziah Jones (Nigéria).

Plural, a festa não se limita apenas ao circuito Recife-Olinda. As cidades de Arcoverde, Belém do São Francisco, Bezerros, Catende, Pesqueira, Petrolina, Salgueiro, Surubim, Timbaúba, Triunfo, Bom Jardim, Aliança, Maracaípe, Itapissuma, Passira, Ferreiros, Condado, Primavera e Sanharó também entram na programação.

Pela primeira vez, a cidade de Ipojuca, no litoral sul de Pernambuco, estará no roteiro da festa. Karina Buhr, Eddie, Mundo Livre S/A e Academia da Berlinda se apresetarão na praia de Maracaípe, em um polo instalado ao lado do Bar do Marcão. Os shows vão de domingo (15) à terça-feira (17), a partir das 17h.

Fonte: Uol