Matinês infantis marcam último dia de carnaval em Teresina 

Esses bailinhos carnavalescos persistem como alternativa lúdica.

Durante toda a terça, 9, diversos clubes de Teresina proporcionaram descontração e muita folia para quem optou por curtir o feriado na cidade

Ao som de marchinhas e sob confetes, muitos pais escolheram aproveitar o último dia de carnaval levando seus filhos para as já tradicionais matinês. Esses bailinhos carnavalescos persistem como alternativa lúdica e divertida para introduzir as crianças na mais tradicional festa brasileira, com segurança e tranquilidade.

Iara Sâmia, mãe de Maria Valentina (3), conta que para quem não viaja, as matinês caem como uma luva. "Todos os anos eu e minha família viajamos, mas esse ano resolvemos ficar em casa. Esse tipo de programação é muito rica e o ambiente é tranquilo. Além de ter muita segurança, as pessoas que vem geralmente trazem os filhos, então fica tudo em família e sem problemas."  Afirma.

A preocupação maior dos pais é sempre com a segurança, ambiente saudável e claro, a diversão dos filhos. "Durante a noite eu saio e prefiro não levar ela pra festa, porque é um ambiente mais voltado pra diversão adulta, então pela manhã eu trago ela pra um lugar que sei que é tranquilo e próprio pra crianças." Completa.

Assim como Maria Valentina, Carla Vitória (9) também resolveu cair na folia na matinê infantil da Associação Atlética Bando do Brasil - AABB. Na companhia da mãe, Carla afirma ser a primeira vez que participa de uma festa especialmente para ela. "Estou gostando muito. É muito bom porque tudo é voltado pra nós [crianças]." Conta.

Outros clubes ofereceram em seus bailes uma programação diversificada, não apenas para crianças mas também para toda a família, como é o caso da família de Eduarda Santiago (14).

"Estou achando tudo ótimo. A maioria das pessoas veio pro El Dourado hoje porque não viajou ou acabou de chegar de viagem e não quer ficar em casa." Conta. Além dela, seus irmãos e seus pais aproveitavam os 32 graus que fazia na terça-feira ensolarada.

Quem aproveitou o dia debaixo de uma sombra ou dentro da piscina, pareceu não se importar com o calor que não deu tregua nem mesmo no último dia de carnaval. O que se viu foi alegria estampada no sorriso das crianças e tranquilidade expressa pelos pais que separaram o último dia de carnaval para os familiares.

“A gente sempre vê que o carnaval é muito voltado pros adultos. Muitas festas com grandes atrações, campanhas de concientização pra quem vai pegar a estrada, mas esquece que o carnaval é pra ser curtido em família.” Adverte Maria Sampaio (32). “Quem pode trazer o filho pra um clube aproveita pra se divertir também, mas e quem não pode?! Eu acredito que os administradores públicos deveriam dar essa alternativa também para quem não tem tanta oportunidade.” Conclui.

Fonte: Elane Araújo do Jornal Meio Norte