Viviane Araújo chora de emoção ao término do desfile do Salgueiro

Viviane Araújo chora de emoção ao término do desfile do Salgueiro

Viviane Araújo não restistiu e chorou ao término do desfile do Salgueiro, que se apresentou na Marquês de Sapucaí na madrugada desta segunda-feira, 16, no primeiro dia  das escolas do Grupo Especial. Após a passagem da escola, a rainha de bateria se emocionou muito e chegou à dispersão aos prantos. Na Praça da Apoteose, Viviane foi reverenciada e chamada de rainha das rainhas pelo público.

A rainha de bateria usou um maiô decotado e transparente com um costeiro que acendia e brilhava. Ainda na concentração, a presença de Vivi causou tumulto. Paulinho Vilhena, que também desfilou pelo Salgueiro, elogiou a musa: "Você é a maior de todas.”

Antes de pisar na avenida, ela contou que sua fantasia representava chamas. "Eu venho pegando fogo", brincou. E comemorou a trégua da chuva, que marcou boa parte da noite. "Ainda bem que parou de chover. A chuva não é legal para escola nenhuma. A fantasia pesa e os componentes sofrem. As baianas mais ainda. Mesmo assim, com ou sem chuva, a escola tem que entrar", disse ela, enquanto se arrumava.

Há 20 anos desfilando no Carnaval, Viviane contou que até hoje não superou o nervosismo antes de entrar com a escola. "O nervoso vem toda vez e depois é aquele alívio de ter chegado ao final", admitiu ela, sem planejar se aposentar na folia: "Ainda nem penso nisso!

Ainda tampando a fantasia com um robe no camarim, Viviane falou sobre o look ideal para desfilar: "Peço sempre uma roupa que não me incomode. Não tem nenhuma inovação. Uma rainha tem que vir como uma rainha. O que eu peço é que tenha um bom acabamento e que me deixe livre pra sambar”.

Viviane Araújo no Salgueiro (Foto: Roberto Teixeira/ EGO)

Viviane Araújo no Salgueiro (Foto: Roberto Teixeira/ EGO)

 

Viviane Araújo no Salgueiro (Foto: Roberto Teixeira/ EGO)

Viviane Araújo no Salgueiro (Foto: Roberto Teixeira/ EGO)

 

 

Fonte: EGO