"Fui eu que coloquei um ponto final", afirma Monique Evans sobre namoro

Ex-modelo conta que não passou dos beijos com Bruno Voloch e que motivo para o rompimento foi a falta de envolvimento dele na relação

O namoro de Monique Evans com o jornalista Bruno Voloch mal começou e já chegou ao fim. Após se declarar "apaixonada" na semana passada, a ex-modelo anunciou, em seu Twitter, na noite deste domingo, 17, que estava solteira novamente e explicou o motivo do rompimento nesta segunda, 18.



"É, acabou. Fui eu que coloquei o ponto final. Mas foi de boa. Falei que tinha me desencantado e que era melhor terminar logo. Foi só eu falar que estava com ele que ele desapareceu. Parou de fazer tudo que fazia no início: ligar sempre, aparecer para me ver... Não sei o que aconteceu, mas fui sentindo ele se distanciar. Ele veio para o Rio com os filhos nesta sexta, por exemplo, e nem me procurou, não passou para me ver rapidinho", afirmou Monique, em tom de crítica, mas bem tranquila.

Apesar de ter trocado alguns beijinhos depois de quatro anos "na seca", Monique garante que não chegou a ter relações íntimas com Bruno. Agora ela continua em busca de seu príncipe encantado: "Já que não era uma coisa sexual ainda, o mais importante era ter ele ao meu lado, me dando apoio sempre. Para ser mais ou menos, depois de tanto tempo, não dá. Tem que ser especial. Quero alguém que me complete."

No momento, Monique segue em tratamento psiquiátrico depois ter uma briga com a filha, Bárbara Evans, e se internar em uma clínica de reabilitação. Ela e a jovem, inclusive, continuam afastadas a pedido dos médicos que estão cuidando da ex-modelo. Neste domingo, Monique postou algumas mensagens alfinetando Bárbara em uma rede social.

Fonte: EGO