Garçons contam as investidas que funcionam para se dar bem na noite

Nas festas, o bar e o balcão podem não ser a melhor alternativa, segundo Tito

Imagine a seguinte cena: o gato está sentado no lado oposto do bar, sozinho bebendo uma cerveja. Você fica curiosa para conhecê-lo e chama o garçom para que ele envie o famoso bilhetinho acompanhado de um drink. Você acha que a tática vai funcionar? Conversamos com alguns de nossos amigos que trabalham na noite sobre as investidas que as pessoas utilizam nas festas e bares para saber quais costumam ter mais sucesso. Porque os bartenders, amiga, de tudo sabem. Imagina que eles passam a noite ali, servindo e ouvindo todo tipo de assunto que as pessoas conversam... É praticamente uma caixa preta da balada! Descubra quais são as táticas mais certeiras de acordo com esses profissionais:

Nas festas, o bar e o balcão podem não ser a melhor alternativa, segundo Tito, do Laika Club, de Porto Alegre: "Na real na pista a coisa toda acontece mais fácil, porque tá todo mundo ali pelo jogo. Fora da pista a pinta tá cansada, conversando com algum amigo ou não ta afim de bombar, então acaba sendo uma abordagem mais difícil."

Nossos consultores também contaram que cantada pronta não funciona, por outro lado as investidas bem humoradas costumam pelo menos arrancar um sorriso, o que muitas vezes pode ser um começo... Mely Paredes, DJ de várias festas em Porto Alegre conta que seguido ouve comentários sobre suas roupas ao discotecar, que às vezes até funcionam.

Todos eles concordam que o staff do bar, incluindo os funcionários do bar e os DJs são bem visados, e às vezes até recebem mais propostas do que os frequentadores. O fato de eles estarem sempre na noite facilita que as pessoas os reconheçam. Sempre tem que peça para caprichar no drink e já dê uma piscadinha pro barman. Então se liga pra não cair nessa tática que já é bem manjada.

Fonte: Terra, www.terra.com.br