Garota de 11 tem filhos gêmeos de padrasto

Menina teve gêmeos no dia 3 de agosto

Está preso em Santa Luzia, região metropolitana de Belo Horizonte, o homem de 34 anos acusado de estuprar e engravidar a enteada de 11 anos. De acordo com a Polícia Civil, o suspeito foi preso nesta sexta-feira (20), em Itamaruju, na Bahia. Ele estava foragido desde maio deste ano quando a menina o acusou de estupro. Nesta época, a garota já estava grávida de gêmeos há sete meses.

O homem foi encaminhado para o Centro de Remanejamento de Segurança Prisional (Ceresp) Palmital, em Santa Luzia.

Segundo a polícia, os filhos da menina nasceram no dia 3 de agosto no Hospital Sofia Feldman, em Belo Horizonte.

O caso

Em 26 maio de 2009, a menina de 11 anos prestou depoimento na Delegacia de Mulheres de Santa Luzia (MG) e disse que foi estuprada pelo padrasto. A mãe da criança também foi ouvida.

A mãe dela, de 29 anos, vivia com o homem há sete anos.

Segundo a polícia, a criança afirmou que foi estuprada uma vez. No dia do crime, o padrasto e a mãe saíram para trabalhar, mas ele teria retornado à casa e cometido o estupro. A mãe não desconfiou do crime e, segundo a polícia, acreditou que a criança estivesse engordando. Para a avó, a vítima estava com verminose.

A gravidez foi percebida pelo diretor da escola em que a criança estudava. Ele comunicou o Conselho Tutelar, que acionou a polícia. Foi aberto um inquérito para investigar o caso na Delegacia da Mulher de Santa Luzia.

A Justiça de Minas expediu um mandado de prisão preventiva contra o padrasto da menina, baseada nos indícios apresentados pela delegada Paloma Boson, da Delegacia de Mulheres de Santa Luzia, na região metropolitana de Belo Horizonte.

Fonte: g1, www.g1.com.br