Gianecchini diz ser um "solteiro convicto": "Lido bem com a solidão"

Quando perguntado se pretende ser pai, Gianecchini contou que tem pensado muito a respeito.

De volta ao horário nobre, a partir do próximo dia 3, o ator Reynaldo Gianechini, de 41 anos, abriu o coração durante apresentação para imprensa da novela "Em família", na manhã desta quarta-feira (22) no Rio de Janeiro, e revelou que pensa em ser pai no futuro, mas apenas se encontrar uma parceira bem bacana.

O ator, que não assume nenhum relacionamento desde sua separação com a apresentadora, Marília Gabriela, em 2006 (apesar de já ter sido visto revela beijando algumas mulheres não famosas), disse continua solteiro e que prefere estar sozinho a ficar com alguém que não se encaixe em sua vida.

"Estou ótimo solteiro. Não estou na busca de ninguém, continuo um solteiro convicto. É delicioso quando a gente encontra alguém para encaixar, né? Mas estou muito bem só. Lido bem com a solidão", afirmou ele. O galã ainda fez piada da situação: "Estou solteiro, mas não estou morto. Estou praticando bastante, inclusive".

Quando perguntado se pretende ser pai, Gianecchini contou que tem pensado muito a respeito, mas que não gostaria de uma "produção independente". "Hoje não estou nessa condição de querer ter. Mas é um pensamento que me ronda depois que meu pai morreu, por essa questão da continuidade. No dia que aparecer uma parceira bacana, vou querer ter".

Ele não descarta a chance de adoção, desde que encontre uma parceira. "Independente eu não teria, só se alguém quisesse dividir esse projeto comigo", explicou. Sobre qual "parceira" seria a ideal, o ator prefere uma mulher "madura, de cabeça aberta, com olhar otimista sobre a vida e querendo, de fato, dividir uma historia".

E completou: "A coisa da parceria é algo muito sério para mim. Prefiro estar sozinho a estar com alguém que não tenha um encaixe na minha vida. Não preciso ter alguém no meu dia-a-dia". Grisalho, ele não teme envelhecer. Afirmou que a mulhereda tem adorado o novo visual e que está em dia com as cantadas. "As mais agressivas me interessam".

Fonte: UOL