Globo cogita encurtar Em Família, que terminaria logo após a Copa do Mundo

Globo cogita encurtar Em Família, que terminaria logo depois da Copa

A Globo deve decidir na próxima semana encurtar Em Família. Se batido o martelo, a novela de Manoel Carlos terá apenas 149 capítulos e será a mais curta do horário desde 1979, quando a rede exibiu a conturbada Os Gigantes, de Lauro César Muniz, com 147 episódios. Assim, o último capítulo da história das Helenas deverá ir ao ar em 25 de julho, duas semanas após o fim da Copa do Mundo, seis semanas antes do previsto.

Originalmente, Em Família iria até o final de agosto, com 179 capítulos. Perderá cinco semanas de exibição. A trama deverá ser encurtada por vários motivos: 1) a pedido de Manoel Carlos, que aos 81 anos escreve sua última novela; 2) a audiência melhorou na segunda e terceira semanas, mas, na casa dos 30 e poucos pontos na Grande SP, está abaixo do desejado pela emissora; 3) por causa da aceleração da primeira e segunda fases, a novela já começa a ter pouca frente de capítulos para gravar.

Do lado de Manoel Carlos, já está tudo certo para a redução da novela. Só falta acertar com Aguinaldo Silva e Rogério Gomes, respectivamente autor e diretor da novela que virá depois, Falso Brilhante (nome provisório). Silva já escreve os primeiros capítulos, mas a escalação do elenco está lenta.

Manoel Carlos comemorou a intenção da Globo de encurtar Em Família. "Boa notícia você me dá, se isso for confirmado. Quando aceitei fazer a novela, pedi que tivesse não mais que 150 capítulos. Isso está dito por mim em todas as entrevistas que dei e que dou. Se fixarem em 149 ainda saio ganhando mais um", disse ao Notícias da TV, por e-mail.

Com 149 capítulos, Em Família irá durar dois terços de Amor à Vida, sua antecessora, que terminou com 221 episódios (e foi esticada).

Fonte: UOL