Globo explica em carta por que não mostra beijos gays

Carta da Globo para a ABLGT

Pela primeira vez, a direção artística da Globo explicou por que não exibe beijos homossexuais nas novelas, em carta enviada pelo diretor da emissora, Luis Erlanger ao presidente da ABLGT (Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais), Toni Reis.

"A teledramaturgia, diferentemente das questões éticas e sociais, não é o ambiente adequado para levantar bandeiras de comportamento moral no campo da sexualidade, baseada na individualidade", afirma Erlanger.

O diretor na carta, assinada no dia 3 de fevereiro, também cita a classificação indicativa determinada pelo Ministério da Justiça para conteúdos chamados de "sensíveis" pelo diretor.

"É algo, inclusive, que substitui o poder parental, uma vez que não há a possibilidade, como no cinema, por exemplo, de os pais autorizarem a entrada de seus filhos em sessões de filmes classificados para crianças ou adolescentes mais velhos."

Para o diretor da ABLGT, a carta de Erlanger foi importante para começar a discussão sobre o afeto entre os homossexuais na sociedade.

"Achei a resposta de bom tom, é uma forma de podermos dialogar com a emissora", afirmou em entrevista ao Terra.

Reis, no entanto, lembra que não há classificação indicativa que censure o beijo gay. "Um beijo é uma demonstração de afeto", ele diz. "As novelas retratam a sociedade e as pessoas têm que se acostumar com esta questão da afetividade homossexual", completa.

Em agosto do ano passado, o então secretário nacional de Justiça, Pedro Abramovay, afirmou que o Ministério da Justiça não tem nenhuma restrição a cenas com beijo gay em obras de dramaturgia na televisão, independente do horário de exibição.

Reis argumenta que antigamente as novelas também não mostravam negros, se não interpretassem empregadas domésticas ou motoristas. "Houve um avanço em relação a isso, agora tem até o Lázaro Ramos como galã na novela das oito. Também queremos ser representados sem estereótipos."

Ele mesmo conta ser casado com um companheiro há 21 anos. "Beijo meu marido toda noite e não me vejo retratado em novela nenhuma, mas o Lázaro Ramos e a Deborah Secco que estão na novela Insensato Coração dão uns beijos bem gostosos", diz.

Reis explica que o beijo ser mostrado na novela pode diminuir a violência contra homossexuais. "É fundamental que a sociedade entenda que o afeto é normal."

Fonte: Terra, www.terra.com.br