Golfista Tiger Woods per mais um patrocínio nos EUA

Este é o último capítulo de uma longa história de abandonos por parte de empresas patrocinadoras

A operadora norte-americana de telefonia AT&T anunciou hoje que encerrou o contrato de patrocínio que mantinha com o golfista Tiger Woods.

"Vamos acabar com o acordo de patrocínio com Tiger Woods", a quem "desejamos o melhor no futuro", afirmou a companhia, em um breve comunicado sobre sua relação com o esportista mais rico do mundo, segundo as famosas listas da "Forbes".

Este é o último capítulo de uma longa história de abandonos por parte de empresas patrocinadoras que o golfista teve que enfrentar desde que reconheceu ter sido infiel à mulher, Elin Nordegren, e vieram à tona seus relacionamentos extraconjugais.

Entre essas companhias que retiraram ou reduziram seu patrocínio e contratos publicitários com Woods estão a Accenture, Procter & Gamble, Gatorade, Gillette e Tag Heuer, embora outras empresas, como a Nike, mantenham seu apoio ao golfista.

O escândalo começou depois que, em 27 de novembro, Woods --considerado o melhor golfista do mundo-- sofreu um estranho acidente automobilístico em frente de casa e surgiu a informação de que a possível causa foi uma agressão de sua mulher por ciúmes.

Nordegren teria descoberto que o marido teve diversas amantes durante seu casamento. Algumas mulheres, após o acidente, divulgaram seus relacionamentos com Woods.

Fonte: Folha Online, www.folha.com.br