Gracyanne Barbosa posa para o Paparazzo e diz que já tentou fazer sexo a três com Belo

Gracyanne Barbosa posa para o Paparazzo e diz que já tentou fazer sexo a três com Belo

Quem acompanhou tudo de pertinho - e fez questão de registrar cada pose da mulher - foi o cantor Belo

Como se não bastasse uma, o Paparazzo resolveu presentear os internautas com duas rainhas de bateria no ensaio especial de Carnaval: Gracyanne Barbosa e Renata Santos, que estão à frente, respectivamente, das baterias da Unidos da Tijuca e Mangueira. O ensaio, que vai ao ar no sábado, 17, mostra as duas majestades do samba em um universo fora do clima dos desfile da Sapucaí, mas que tem tudo a ver com o Carnaval carioca: o dos blocos de rua.

Quem acompanhou tudo de pertinho - e fez questão de registrar cada pose da mulher - foi o cantor Belo. Orgulhoso de Gracyanne, ele contou que a fotografia é um hobby e que gosta de mostrar seus cliques para a dançarina depois dos ensaios que acompanha.

"Sou extremamente apaixonado pela minha mulher. Ela é linda, maravilhosa. Então estou fotografando um produto que é meu, que fica na minha casa. Tenho ciúme, mas é light", revelou.

Igualmente apaixonada, depois de cinco anos de relacionamento, Gracyanne disse que o desejo pelo marido só aumentou, que prefere tomar a iniciativa e que gosta de fazer sexo todos os dias. "Mesmo quando tem show, se tem um camarim e três minutinhos, a gente faz rapidinho. Até o fato de ter gente do outro lado da porta dá um clima", contou a dançarina, que admite já ter feito sexo a três. Mas não com Belo.

"Ele é muito mais careta do que eu. Gosto de novidade, acho que tudo é válido. Já tentei convencê-lo a fazer sexo a três comigo, mas só de iniciar o assunto, desisti. Ele não quer me dividir com outra pessoa, surpreendentemente. Eu digo para o Belo que esse é o sonho de todo homem, mas ele diz que já fez e que não tem mais vontade", lamentou.

Já Renata é diferente. Casada há 13 anos, ela disse que prefere ser seduzida e que não curte lingerie pequena. "Às vezes, viro uma leoazinha, mas estou mais para romântica. Gosto de carinho. Calcinha pequena também me incomoda, prefiro as mais confortáveis". Apesar do aparente recato, a rainha de bateria da Mangueira deixou escapar que já fez sexo com o carro em movimento, em plena Avenida Brasil, no Rio.

"Foi uma loucura, mas eu não recomendo (risos). Era muito nova, tinha cara de pau. Acho que, hoje em dia, nem o meu marido e nem eu temos mais corpo para isso. Estamos dois caquéticos".







Fonte: EGO