Guarani afasta jogador que falou sobre "malabranca"

Guarani afasta jogador que falou sobre "malabranca"

Lateral sequer foi relacionado para o confronto com o Fluminense

O lateral-esquerdo Moreno não vai integrar a delegação do Guarani para o jogo contra o Fluminense no domingo, às 17h (de Brasília), no Engenhão, partiada que pode decidir o título brasileiro a favor do clube carioca. Depois de ter declarado que recebeu contato de um representante do Corinthians oferecendo-lhe uma suposta mala branca, Moreno, ex-jogador da base do Alvinegro, foi preservado pela comissão técnica do Bugre. O técnico Vágner Mancini preferiu deixá-lo fora da lista de relacionados.

- Isso (mala branca) também foi levado em conta, mas não foi só por isso que ele não foi relacionado. O jogador não está em um bom momento emocional. Envolveu-se em muita polêmica durante a semana. Por isso, é melhor preservá-lo - afirmou o técnico, nesta sexta-feira.

O comandante do Bugre selecionou 18 jogadores para a partida, mas tem como costume não divulgar os relacionados. Assim, os nomes só devem ser desvendados após o desembarque no Rio de Janeiro.

Na terça-feira, Moreno já havia recebido uma bronca do técnico depois de ter dado as declarações sobre a mala branca. Na quarta, o próprio jogador confirmou a situação em entrevista coletiva. No Corinthians, o presidente Andrés Sanches desmentiu que alguém da diretoria tenha feito qualquer contato com o Bugre e descartou um incentivo extra para o time de Campinas complicar a vida do Fluminense.

Fonte: Globo Esporte, www.globoesporte.com