Hackers invadem site da cantora Amy Winehouse

O site permaneceu com a mensagem fraudulenta durante todo o dia.

A maré realmente não está nada boa para Amy Winehouse. Nos últimos tempos ela se internou numa clinica de reabilitação, depois foi vaiada durante um show em Belgrado, e pra fechar cancelou sua turnê européia para tratar da saúde.



Pra fechar a onde de ziquezira, nesta quinta-feira, 30, um grupo que se identifica como Swagger Security hackeou seu site oficial e postou frases como "uma equipe de negros homossexuais e orgulhosos". O texto era lotado de gírias e dizia que "os objetivos do SWAGSEC são pegar a internet de volta do demônio branco e morte ao demônio branco".

Mais adiante: "Por muito tempo negros não tiveram voz na internet, e agora estamos pegando ela de volta. Quem somos nós, você pergunta? Somos um monte de negros gays e orgulhosos. Fomos forçados a criar esse grupo depois dos lançamentos das bichas do Antisec". Antisec é um outro grupo de hackers.

A pagina oficial e todo seu conteúdo desapareceu e apareceu uma imagem negra, cheia de textos absurdos que diziam com coisas como:".

O texto dos criminosos fez questão de informar que o grupo não tem qualquer ligação com o movimento dos Anonymous, formado por hackers famosos nos Estados Unidos.

O site permaneceu com a mensagem fraudulenta durante todo o dia.

Fonte: O Fuxico