Herança de R$ 60 milhões deixada por Hebe Camargo é dividida entre filho Marcello e sobrinho

Herança de R$ 60 milhões deixada por Hebe Camargo é dividida entre filho Marcello e sobrinho

O patrimônio incluía a famosa mansão no Morumbi

A herança de Hebe Camargo, avaliada em cerca de R$ 60 milhões, foi dividida meio a meio entre seu único filho, Marcello de Camargo Capuano, e seu sobrinho, Claudio Pessutti, que foi seu empresário por 17 anos e a quem ela considerava um filho. O patrimônio incluía a famosa mansão no Morumbi (R$ 45 milhões, onde a loura realizava suas badaladas festas), carros de luxo, entre eles, duas Mercedes-Benz (R$ 1 milhão), além de joias, muitas joias.

?Dividimos a herança, mas isso é uma questão de foro íntimo. Não cabe divulgar valores?, explica Claudio à Retratos, alegando que o primo reconhece sua contribuição à carreira bem-sucedida da mãe, que morreu de câncer no dia 29 de setembro de 2012.

Recentemente, Marcello, filho de Hebe Camargo, comentou com amigos próximos a intenção de vender uma casa, que tem 400 metros quadrados só de piscina. O valor estimado: R$ 1,5 milhão. Hebe possuía ainda investimentos em cabeças de gado. Em 2006, por exemplo, ela arrematou, por R$ 100 mil, fêmeas da raça sul-africana Simental.

Como muitas partilhas de bens, o inventário de Hebe Camargo também gerou desavenças. Paulo Cafalti, o neto de Lélio, que foi casado com Hebe por 29 anos, acusa Claudio de se aproveitar da tia. ?Tudo o que ela deixou foi para o filho Marcelo, que, aliás, nunca se deu bem com o Claudio. Agora os dois são amigos e vão dividir a herança. Marcelo me disse que Hebe deixou muito pouca coisa de herança. É mentira, e, claro, me fingi de bobo. Sei exatamente quanto ela deixou. Ele só disse isso achando que eu ia querer alguma coisa, mas não quero?, desabafa Paulo.

Fonte: Extra