Homem se casa com duas mulheres em menos de 24h

Homem se casa por amor 24h após união arranjada

Um homem da cidade de Multan, no Paquistão, encontrou uma solução para seu dilema sobre aceitar um casamento arranjado pela família ou casar-se por amor. Azhar Haidri, 23 anos, oficializou sua união com as duas mulheres envolvidas - e fez tudo em 24 horas. As informações são da agência AP.

Inicialmente, Haidri havia se recusado a casar com Humaira Qasim, 28 anos, de quem era noivo desde a infância. O homem queria pedir em casamento a mão de Rumana Aslam, 21 anos, por quem estava apaixonado.

No entanto, a decisão de romper o noivado ameaçou prejudicar a família de Azhar Haidri, já que os matrimônios arranjados fazem parte do costume da população. "Eu disse que pediria as duas em casamento", disse Haidri antes de seu primeiro casamento, com Qasim, no domingo. "As duas concordaram", afirmou.



Azhar Haidri oficializou sua união com Aslam na segunda-feira, menos de um dia depois de ter se casado com a outra noiva. A história do paquistanês chamou a atenção da imprensa do país - algumas rádios e canais de TV locais planejavam cobrir ao vivo o segundo matrimônio de Haidri.

As duas mulheres disseram que gostaram do casamento, e que planejam viver como amigas ou irmãs. "Estou feliz que nós duas amamos o mesmo homem", disse Rumana Aslam.

Haidri se considera sortudo. "É muito raro que duas mulheres fiquem felizes ao concordarem em se casar com o mesmo homem", afirmou.

A lei paquistanesa aceita a poligamia com base no conceito de que o Islã, a religião principal do país, permite até quatro mulheres. Entretanto, os homens que têm várias mulheres geralmente esperam alguns anos para se casar novamente - e devem obter a aprovação de sua primeira mulher antes de um segundo matrimônio.

Fonte: Terra, www.terra.com.br