Prédio de 7 andares em obras desaba sobre casa

Prédio de 7 andares em obras desaba sobre casa

Segundo testemunhas, por volta das 19h, Nívea estava com as crianças na casa quando parte do imóvel vizinho em construção desabou sobre a sua residênc

Um imóvel em construção desabou no início da noite deste sábado no bairro de Pernambués, em Salvador. Pelo menos cinco pessoas ficaram soterradas. Às 0h20 deste domingo, o Corpo de Bombeiros confirmou a morte de uma pessoa, mas não tinha detalhes da identidade. Antes, duas das vítimas - os irmãos Cecília, 7 anos, e André Moura, 8 anos - haviam sido retiradas dos escombros com vida.

De acordo com a corporação, as buscas continuavam no início da madrugada. Antes, às 22h, os bombeiros informaram que procuravam por outras três pessoas - Nívea Moura, mãe das crianças, um primo delas e o vigilante da obra. Segundo testemunhas, por volta das 19h, Nívea estava com as crianças na casa quando parte do imóvel vizinho em construção desabou sobre a sua residência.

O resgate da menina Cecília durou mias de 1h e foi facilitado porque os bombeiros conseguiram ouvir a voz dela. Os bombeiros informaram à noite que o trabalho de buscas continuará ao longo da noite. "Vamos manter os esforços, na tentativa de encontrar as outras pessoas com vida", afirmou o major Marchesine, comandante da corporação. Como os bombeiros não sabiam o tipo de instalação do prédio e havia um forte cheiro de gás, uma grande área foi isolada no entorno.

Pelas informações iniciais, o edifício tem 5 andares. O pai dos meninos, Eleduardo Moura, deparou-se com a situação ao chegar de viagem a trabalho. "Falei com eles quando estava na estrada, 30 minutos antes de chegar", disse. Ele acompanhou o resgate de sua filha. Moradores vizinhos do imóvel disseram ter ouvido um forte barulho e, em seguida, viram uma grande poeira subir. "Estava na praça e vim correndo para ver o que aconteceu. Foi muito forte", afirmou Thiago Rodrigues, parente da família de Cecília.

Segundo o pedreiro Francisco Cerqueira, 46 anos, que há sete meses trabalhava na construção do edifício, as últimas chuvas provocaram infiltrações na parte externa da obra. "Rachou. Aí começamos a colocar mais terra no terreno para evitar nova infiltração", disse. Na noite deste sábado, moradores tentavam se aproximar da casa soterrada, na tentativa de ajudar. No entanto, policiais militares reforçaram a segurança e auxiliaram no trabalho dos colegas.

Morte na madrugada

Na madrugada deste sábado, também em Salvador, um casarão tombado pelo patrimônio histórico desabou, matando uma mulher e deixando outras três pessoas feridas na Ladeira da Conceição da Praia, no bairro do Comércio. Equipes do Corpo de Bombeiros e da Defesa Civil de Salvador (Codesal) foram ao local, que funcionaria como casa de prostituição, para remover escombros e analisar riscos de novos desabamentos, pois as paredes externas do casarão continuam de pé. Informações da Defesa Civil e dos bombeiros davam conta que o casarão tinha seis andares. Mais tarde, no entanto, a prefeitura de Salvador divulgou nota informando que o casarão possuía três pavimentos e era tombado pelo patrimônio histórico.

Fonte: Terra, www.terra.com.br