Irmã de Michael Jackson diz que foi oferecida a Mike Tyson por US$ 100 mil

Jack Gordon espancava a cantora durante o casamento, além de ameaçá-la de morte.

La Toya Jackson revelou que seu ex-marido Jack Gordon disse a Mike Tyson que ele poderia dormir com ela, caso lhe desse US$ 100 mil. A cantora de 55 anos já acusou o marido de espancá-la e de ameaçá-la de morte durante o casamento deles, que durou sete anos.

Gordon também teria forçado a irmã de Michael Jackson a fazer sexo em grupo, contra sua vontade e a posar para a revista Playboy.



Em entrevista ao programa The Talk, La Toya revelou: ?Mike Tyson posteriormente contou aos meus pais e a alguns amigos que Gordon lhe disse que, se quisesse dormir comigo teria que pagar US$ 100 mil.? A cantora continuou: ?Eu ia em bordéis e tudo mais... Tudo o que eu era contra. Ele me fez fazer a Playboy duas vezes e ainda tive que dar entrevistas e dizer ?Oh não, foi tudo ideia minha.? E tinha que fazer isso porque sabia que ele faria aquilo (bater nela) de novo.?

La Toya diz ter sido forçada a se casar com Jack em 1989 e que era ingênua demais para saber onde estava se metendo.

Falando sobre sua autobiografia, Starting Over, Jackson diz:?Escrevi este livro para as mulheres. Foi muito difícil porque quando Gordon se casou comigo eu era uma Testemunha de Jeová rígida que não sabia nada do mundo. Tinha 29 anos, que passei no meio de pessoas religiosas, mas tinha 16 anos de idade mental e não conhecia o mundo e o que as pessoas fazem. Nem todo mundo é honesto e eu acreditava em tudo o que me diziam.

Jack, que foi acusado até de assassinato, entre outros delitos, era também agente de La Toya. Ele morreu de câncer em 2005.

Fonte: O Fuxico