Irmão afirma que Dado não agrediu Viviane

Irmão afirma que Dado não agrediu Viviane

Em declaração a jornal carioca, Fernando Dolabela diz serem calúnias as acusações de agressão a Viviane.

O casamento de Dado Dolabella e Viviane acabou oficialmente nesta sexta-feira, 20, quando ela entrou na justiça com um pedido de separação de corpos e uma medida cautelar contra Dado 11 meses após o casamento, separação que o EGO noticiou em primeira mão. Dado teria agredido Viviane durante as brigas do casal, o que motivou a separação. Mas a família de Dado nega que ele tenha cometido o mesmo erro outra vez. "São calúnias [essas acusações]", disse Fernando Dolabella, irmão de Dado, ao jornal carioca "O Dia" deste domingo, 22. "Estamos todos bastante irritados com essas notícias. Minha mãe (Pepita Rodrigues) está muito mal com o que está acontecendo", disse Fernando. Segundo a reportagem, Fernando diz que Dado está chateado com a situação, mas tranquilo. Neste sábado 21, em show na cidade de Jaraguá do Sul, em Santa Catarina, Dado falou ao público sobre a separação. "Não tem nada a ver o que foi dito até agora. O pai dela [de Viviane] já me ligou e tudo está sendo resolvido", disse. No dia 4 de agosto, Dado foi condenado a dois anos e nove meses de prisão em regime aberto por ter agredido em 2008 a ex-namorada Luana Piovani e a camereira Esmeralda de Souza. No entanto, o advogado do ator, Michel Assef Filho, entrou com recurso alegando que seu cliente não pode ser indiciado com base na Lei Maria da Penha.

Fonte: Ego, www.ego.com.br