Pânico confirma processo; RedeTV! quer indenização

O “Pânico” estreia domingo 1º na Band,

O "Pânico" estreia domingo 1o na Band, mas a guerra com a Rede TV! prossegue. Emílio Surita confirma o processo trabalhista. Marcelo de Carvalho, vice-presidente da Rede TV!, diz que o programa não dava lucro e quer ser indenizado por danos morais.

?O divórcio com a RedeTV! foi litigioso?

O ?Pânico? estreia domingo 1o na Band, mas a guerra com a Rede TV! prossegue. Emílio Surita confirma o processo trabalhista

O ?Pânico? saiu brigado com a RedeTV!?

Não foi nada pessoal. Gosto muito do Marcelo de Carvalho e do Amilcare Dallevo.

E qual foi o problema?

O problema é que eu e a minha equipe ficamos uns cinco meses sem receber salário. Por isso, o nosso casamento com a emissora terminou.

A separação foi complicada?

A união acabou e o divórcio foi litigioso. Viramos a página e não quero mais lembrar do passado. Agora, só quero pensar na Band. Mas o ?Pânico? é movido por polêmicas. Essa é mais uma delas.

?O ?Pânico? é que nos deve dinheiro?

Marcelo de Carvalho, vice-presidente da Rede TV!, diz que o programa não dava lucro e quer ser indenizado por danos morais

A Rede TV! está processando o ?Pânico??

Entramos com duas ações: de cobrança e de danos morais. A separação será litigiosa sim, e vamos receber cada centavo. Eles é que nos devem bastante dinheiro. Saíram dizendo que não tinha estrutura aqui.

Sentiu-se traído?

Muito. Não pelo ?Pânico? ter saído, mas pelo modo. Na calada da noite e falando mal. É uma tremenda sacanagem e falta de caráter.

O ?Pânico? não dava lucro?

Faturava bem, mas não dava lucro. 50% do faturamento ia para o bolso do Tutinha e do Emílio. Para comprar carro, barco, avião, helicóptero. Os outros 50% pagávamos os salários dos humoristas e os custos de produção.

Fonte: Terra, www.terra.com.br